• Notícias
    Data da publicação: quinta-feira, 17 de maio de 2018
    OMS pede que gorduras trans sejam eliminadas dentro de cinco anos
    Por: Isabela Moraes - Rádio 2

    Organização Mundial da Saúde lança campanha de eliminação de gordura trans na indústria alimentícia até 2023.

    Segundo a agência, isso evitará 500 mil mortes por doenças cardiovasculares.




    A gordura vegetal é encontrada em alimentos industrializados para melhorar a textura e aumentar o prazo de validade dos produtos, conservando por mais tempo.

    São populares entre fabricantes de alimentos fritos, assados e salgadinhos.

    Mas, ao mesmo tempo, isso que parece gostoso é muito ruim para os consumidores, pois esta gordura aumenta o risco de doenças cardíacas em 21 por cento e as mortes em 28 por cento.

    Segundo a OMS, vários países ricos já estabeleceram limites às quantidades permitidas em alimentos industrializados.

    Alguns proibiram óleos parcialmente hidrogenados, a principal fonte de gorduras trans.

    Uma das estratégias da entidade para substituição, inclui divulgar alternativas mais saudáveis.

    No início deste mês, a OMS fez as primeiras recomendações desde 2002, dizendo que adultos e crianças deveriam consumir um máximo de 1% das calorias diárias na forma de gorduras trans.

    Aqui no Brasil, desde 2006, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária obriga todos os fabricantes a indicar no rótulo a quantidade deste item.

    No site da agência estão disponíveis algumas informações sobre os malefícios de consumo de produtos com este óleo, como, por exemplo: o aumento do colesterol total e ainda do colesterol ruim (LDL).

    Veja também
  • Rede falsa, que vendia “likes” e páginas é derrubada pelo Facebook
  • Novo golpe que vem sendo aplicado em nome da Previdência
  • Norte do Brasil é a região com mais eleitores jovens
  • Economia melhora e derruba o número de empresas em falência ou recuperação judicial
  • Cai o número de linhas de telefone fixo no Brasil
  • Correios e trabalhadores entram em acordo e não haverá greve
  • Batuque de Umbigada de Capivari será exaltado em projeto apresentado nos próximos dois sábados
  • Erros e falhas causam a morte de 6 pacientes por hora nos hospitais brasileiros
  • Cresce o volume de carga transportada por ferrovia no Brasil, diz CNT
  • Vendas para o Dia dos Pais disparam, em 2018
  • Batata e cebola mais baratas derrubam custo de vida do brasileiro
  • De cada quatro brasileiros, um entrou no rotativo do cartão de crédito
  • Evento Samba do Bem terá renda revertida a duas instituições de Capivari. Organizadora fala sobre o evento
  • Com avanço da safra de cana, queda no preço do álcool chega a R$ 0,26, desde a greve dos caminhoneiros
  • Banco Central projeta inflação de 4,15%, para 2018

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000