• Notícias
    Data da publicação: sexta-feira, 18 de maio de 2018
    Empresas atrasam depósitos de FGTS de 7 milhões de trabalhadores
    Por: Bernadete Druzian - Rádio 2

    Viações aéreas, universidades, mineradoras e distribuidoras de energia estão entre as principais devedoras do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

    Ao todo, 7 milhões de trabalhadores estão com o benefício, garantido pela Constituição, atrasado.




    Segundo a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, são 213 mil empresas devedoras de uma cifra que soma, até abril, quase R$ 28 bilhões.

    Os dados, obtidos pelo UOL, revelam que a benefício ao trabalhador é a primeira dívida não paga quando surgem as dificuldades financeiras.

    O agravante é que muitas empresas só poderão quitar os valores devidos quando se recuperarem. Já outras, que fecharam por falência ou recuperação judicial, deixarão o saldo em aberto.

    É o caso das líderes do ranking, Varig e Vasp, que devem juntas, quase R$ 1 bilhão.

    Entre as 15 maiores devedoras, cinco são da área da educação, com as Universidades Cândido Mendes e Gama Filho no topo do setor.

    Vale, Eletropaulo, Usina Zihuatanejo e Agro Lajinha também estão na lista.

    Pela lei, o empregador é obrigado a depositar, todo mês, o equivalente a 8% do salário do trabalhador com registro em carteira.

    Veja também
  • Rede falsa, que vendia “likes” e páginas é derrubada pelo Facebook
  • Novo golpe que vem sendo aplicado em nome da Previdência
  • Norte do Brasil é a região com mais eleitores jovens
  • Economia melhora e derruba o número de empresas em falência ou recuperação judicial
  • Cai o número de linhas de telefone fixo no Brasil
  • Correios e trabalhadores entram em acordo e não haverá greve
  • Batuque de Umbigada de Capivari será exaltado em projeto apresentado nos próximos dois sábados
  • Erros e falhas causam a morte de 6 pacientes por hora nos hospitais brasileiros
  • Cresce o volume de carga transportada por ferrovia no Brasil, diz CNT
  • Vendas para o Dia dos Pais disparam, em 2018
  • Batata e cebola mais baratas derrubam custo de vida do brasileiro
  • De cada quatro brasileiros, um entrou no rotativo do cartão de crédito
  • Evento Samba do Bem terá renda revertida a duas instituições de Capivari. Organizadora fala sobre o evento
  • Com avanço da safra de cana, queda no preço do álcool chega a R$ 0,26, desde a greve dos caminhoneiros
  • Banco Central projeta inflação de 4,15%, para 2018

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000