• Notícias
    Data da publicação: sexta-feira, 18 de maio de 2018
    Empresas atrasam depósitos de FGTS de 7 milhões de trabalhadores
    Por: Bernadete Druzian - Rádio 2

    Viações aéreas, universidades, mineradoras e distribuidoras de energia estão entre as principais devedoras do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

    Ao todo, 7 milhões de trabalhadores estão com o benefício, garantido pela Constituição, atrasado.




    Segundo a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, são 213 mil empresas devedoras de uma cifra que soma, até abril, quase R$ 28 bilhões.

    Os dados, obtidos pelo UOL, revelam que a benefício ao trabalhador é a primeira dívida não paga quando surgem as dificuldades financeiras.

    O agravante é que muitas empresas só poderão quitar os valores devidos quando se recuperarem. Já outras, que fecharam por falência ou recuperação judicial, deixarão o saldo em aberto.

    É o caso das líderes do ranking, Varig e Vasp, que devem juntas, quase R$ 1 bilhão.

    Entre as 15 maiores devedoras, cinco são da área da educação, com as Universidades Cândido Mendes e Gama Filho no topo do setor.

    Vale, Eletropaulo, Usina Zihuatanejo e Agro Lajinha também estão na lista.

    Pela lei, o empregador é obrigado a depositar, todo mês, o equivalente a 8% do salário do trabalhador com registro em carteira.

    Veja também
  • Passageiro desembarca em Congonhas com pistolas semi-automáticas escondidas
  • Menos de 10% das imagens compartilhadas em grupos de WhatsApp são verdadeiras, constata estudo
  • Francisco pode ser o primeiro Papa a visitar a Coreia do Norte
  • Horário de Verão afeta mais da metade dos participantes do Enem
  • Brasileiros nascidos em outubro recebem abono do PIS referente a 2017
  • 30 milhões de brasileiros que tiveram dados invadidos são avisados pelo Facebook
  • Juros cobrados dos consumidores no cartão e no cheque especial, por exemplo, voltam a cair
  • Preço médio do aluguel sobe 2%, em 2018, para R$ 28,55 o m²
  • Portabilidade numérica completa 10 anos: mais de 45 milhões de mudanças já foram realizadas
  • Preço da gasolina sobe para R$ 4,72 o litro, o maior valor no ano
  • Governo Temer é considerado ruim ou péssimo por 74% dos brasileiros, diz Ibope
  • PF vai investigar ameaça a Rosa Weber sobre suspeita de fraude nas urnas
  • Após perderem benefícios, família luta para cuidar de criança com paralisia cerebral
  • Gil Gomes morre aos 78 anos em São Paulo
  • Mudanças climáticas podem reduzir produção e elevar o valor da cerveja no mundo

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000