• Notícias
    Data da publicação: sexta-feira, 18 de maio de 2018
    Copom mantém taxa básica de juros em 6,5%
    Por: Redação
    E-mail

    O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (16) - por unanimidade - pela manutenção da taxa básica de juros, a Selic, em 6,5% ao ano. A decisão surpreendeu analistas financeiros que esperavam uma nova queda na taxa.

    Isso no porque, na ata da última reunião do Comitê, houve uma sinalização de novo corte - mesmo que moderado. Tudo isso, é claro, se o cenário econômico continuasse evoluindo junto às expectativas do BC. 

    Agora, com a decisão de manter a taxa em 6,5% ao ano, acaba um ciclo que incorporou 12 cortes consecutivos da Selic. Desde outubro de 2016 que o Copom vinha reduzindo, a cada reunião, a taxa.

    Entre os motivos que justificaram a manutenção da Selic em 6,5%, está a volatilidade do cenário externo que, de acordo com o Copom, se tornou mais desafiador. A instituição afirmou que algumas economias avançadas normalizaram as taxas de juros, o que produziu ajustes nos mercados financeiros internacionais. Com isso, “houve redução do apetite ao risco em relação a economias emergentes”.


    Selic

    Para entender melhor, a taxa Selic é a média de juros que o governo paga quando precisa pegar dinheiro emprestado dos bancos. Por isso, quando a Selic está muito alta, os bancos preferem emprestar dinheiro ao governo para lucrar mais. Só que ao fazer isso, os bancos acabam cobrando juros mais altos dos consumidores comuns, porque há menos dinheiro disponível em caixa.

    Assim, quando o Copom ajusta a Selic, ele também acaba influenciando no cumprimento da meta da inflação. Quando a inflação está muito alta, por exemplo, o BC costuma aumentar a Selic, esperando que o crédito mais caro sirva para frear o consumo e, dessa forma, que os preços baixem.

    Veja também
  • Passageiro desembarca em Congonhas com pistolas semi-automáticas escondidas
  • Menos de 10% das imagens compartilhadas em grupos de WhatsApp são verdadeiras, constata estudo
  • Francisco pode ser o primeiro Papa a visitar a Coreia do Norte
  • Horário de Verão afeta mais da metade dos participantes do Enem
  • Brasileiros nascidos em outubro recebem abono do PIS referente a 2017
  • 30 milhões de brasileiros que tiveram dados invadidos são avisados pelo Facebook
  • Juros cobrados dos consumidores no cartão e no cheque especial, por exemplo, voltam a cair
  • Preço médio do aluguel sobe 2%, em 2018, para R$ 28,55 o m²
  • Portabilidade numérica completa 10 anos: mais de 45 milhões de mudanças já foram realizadas
  • Preço da gasolina sobe para R$ 4,72 o litro, o maior valor no ano
  • Governo Temer é considerado ruim ou péssimo por 74% dos brasileiros, diz Ibope
  • PF vai investigar ameaça a Rosa Weber sobre suspeita de fraude nas urnas
  • Após perderem benefícios, família luta para cuidar de criança com paralisia cerebral
  • Gil Gomes morre aos 78 anos em São Paulo
  • Mudanças climáticas podem reduzir produção e elevar o valor da cerveja no mundo

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000