• Notícias
    Data da publicação: quarta-feira, 06 de junho de 2018
    Oito áreas são consideradas de risco para contaminação da Febre Maculosa em Capivari
    Um estudo da Superintendência de Controle de Endemias que identificou a contaminação em capivaras e animais hospedeiros.
    Por: Redação
    E-mail

    Para manter a população informada sobre as áreas de risco do carrapato estrela, transmissor da Febre Maculosa, a Prefeitura de Capivari, por meio da Secretaria da Saúde, instalou oito placas em pontos estratégicos da cidade. Os locais foram definidos por meio de um estudo da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) que identificou a contaminação em capivaras, animais hospedeiros, que vivem nestas regiões. Portanto, as notificações foram instaladas próximo ao Córrego Água Choca, Ponte do Santoro, Rua Paraná, Rua João Moreto, Morada do Sol, próximo ao Ginásio de Esportes Ronaldão.




    Além de solicitar a atenção com a área de risco, a placa informa sobre os sintomas da doença e a necessidade de se procurar atendimento médico e informar ao profissional se passou por estas áreas.

    A Vigilância Epidemiológica informou que, neste ano, houve somente uma notificação para a doença, cujo resultado foi negativo. Entretanto, Apesar de não ter casos confirmados, a placa de alerta é uma forma de prevenção e informação para o cuidado da população.


    Sobre a Febre Maculosa

    A febre maculosa também conhecida como febre do carrapato é transmitida pela carrapato estrela. A infecção é causada pela bactéria Rickettsia rickettsii após a picada de um carrapato. Geralmente, a febre maculosa é mais comum durante os meses de junho a outubro, pois é quando os carrapatos estão mais ativos, sendo necessário estar em contato com o carrapato entre 6 e 10 horas.

    A doença tem cura, mas seu tratamento deve ser iniciado com antibióticos após o surgimento dos primeiros sintomas para evitar complicações graves, como inflamação do cérebro, paralisia, insuficiência respiratória ou insuficiência renal, que podem colocar em perigo a vida do paciente.

    Os principais sintomas de febre maculosa incluem: febre acima de 39ºC e calafrios; dor de cabeça intensa; conjuntivite; náuseas e vômitos; diarreia e dor abdominal; dor muscular constante; insônia e dificuldade para descansar; inchaço e vermelhidão nas palmas das mãos e sola dos pés; gangrena nos dedos e orelhas; paralisia dos membros que inicia nas pernas e vai subindo até os pulmões causando paragem respiratória.




    A prevenção da febre maculosa para a população pode ser feita da seguinte forma:


    - Utilizar calças, camisolas de manga comprida e sapatos, especialmente quando é necessário estar em locais com grama alta;


    - Usar repelentes de insetos, renovando a cada duas horas ou conforme a necessidade;


    - Limpar os arbustos e manter o jardim sem folhas no gramado;


    - Verificar todos os dias a presença de carrapatos no corpo ou nos animais domésticos;


    - Manter os animais domésticos, como cães e gatos, desinfectados contra pulgas e carrapatos.


    No caso de se identificar um carrapato na pele é recomendado ir ao pronto-socorro ou a um posto de saúde para retirá-lo de forma adequada e evitar o surgimento de febre maculosa. Importante relatar ao profissional de saúde (auxiliar enfermagem, enfermeiro ou médico), que foi picado por carrapatos. Esta informação pode facilitar o rápido diagnóstico para a doença, inclusive a utilização de medicação adequada enquanto aguarda-se o resultado do exame.

    Mais informações na Vigilância Sanitária na Rua João Marchioretto, 78, no Jardim São Marcos, ou pelo telefone 3492-1606.




    Veja também
  • Venda de veículos financiados cresce 7,7%, em agosto
  • Em setembro, juros do cheque especial voltam a subir
  • Enxaqueca tem vários gatilhos e obesidade aumenta em 44% risco da doença
  • Suspeito de invadir residências para filmar mulheres durante o banho é detido em Capivari
  • Brasil bate meta de vacinar 95% das crianças
  • Preço da gasolina dispara e supera valor registrado logo após a greve dos caminhoneiros
  • Pelo menos 29 pessoas acusadas de integrar quadrilha especializada em crimes cibernéticos são presas
  • Dia mundial sem carro será comemorado neste sábado em Capivari
  • Custo de vida do brasileiro sobe, mas alimentos mais baratos impedem avanço maior
  • Número de empresas que pedem falência ou recuperação judicial cai, mas ainda é alto
  • Desvalorização do real puxa preços de produtos feitos à base de trigo
  • Etanol amplia vantagem sobre a gasolina neste mês
  • Atenção às regras da Justiça Eleitoral: enquetes nas redes sociais são proibidas
  • Você sabia que pneu tem prazo de validade?
  • Vítima de feminicídio é enterrada em Capivari

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000