• Notícias
    Data da publicação: sexta-feira, 10 de agosto de 2018
    Polícia prende três suspeitos de assaltarem agência dos Correios na manhã de hoje
    Segundo as informações eles permaneceram cerca de 30 minutos com reféns dento da agência.
    Por: Redação
    E-mail

    Atualizada, 10/08/2018 - 14h52


    Na manhã desta sexta-feira, dia 10, três homens invadiram e anunciaram o assalto em uma das agências dos Correios em Capivari.

    Segundo as informações eles permaneceram cerca de 30 minutos com reféns dento da agência. Durante a ação novos clientes que chegavam a agência eram abordados e mantido com os outros reféns.




    Um policial aposentava foi até os Correios para enviar um a carta quando foi rendido pelos assaltantes. Ao entrar na agência e aproveitando um momento de descuido de um deles, o policial reagiu, entrou em luta corporal com um deles. Assustados os assaltantes abandonaram uma mochila com aproximante dez mil reais, e fugiram.


    No portal de entrada da cidade, a Polícia Militar, abordou três suspeitos, eles estavam com uma arma de brinquedo, foram detidos e encaminhados a Delegacia de Polícia para o registro da ocorrência e reconhecimento.



    De acordo com nota enviada pelos Correios, a agência está fechada para apuração interna, que deve ocorrer até a próxima segunda-feira (13).


    Até que os trabalhos de apuração sejam concluídos, a empresa recomenda como opção de atendimento as seguintes unidades:


    - Agência de Correios Franqueada – AGF Caminho do Sol (Rua Tiradentes, 468, Centro, Capivari. Horário de Atendimento: segunda a sexta-feira, das 9h às 17h);

    - Agência de Correio Rafard – AC Rafard (Rua Mauricio Allain, 122, Centro, Rafard. Horário de Atendimento: segunda a sexta-feira, das 9h às 17h).


    Por ser assunto relacionado à segurança e para preservar a integridade dos empregados, dos clientes e dos objetos postais, os Correios não divulgam estatísticas, valores ou detalhes sobre os mecanismos de segurança de suas agências.


    A área de segurança dos Correios está em constante contato com as autoridades policiais, fornecendo dados, informações e imagens de elementos que praticam ações criminosas envolvendo suas unidades e viaturas.


    Há, inclusive, um acordo de cooperação com a Polícia Federal para mapear quadrilhas, seu modo de atuação e, por consequência, realizar ações e apreensões de criminosos que praticam crimes contra os Correios.


    Os Correios ressaltam, contudo, que o problema de violência foge da governabilidade da empresa. Crimes contra a empresa colocam em risco a segurança dos empregados e dos clientes, além de prejudicar os negócios da estatal.

    Veja também
  • Passageiro desembarca em Congonhas com pistolas semi-automáticas escondidas
  • Menos de 10% das imagens compartilhadas em grupos de WhatsApp são verdadeiras, constata estudo
  • Francisco pode ser o primeiro Papa a visitar a Coreia do Norte
  • Horário de Verão afeta mais da metade dos participantes do Enem
  • Brasileiros nascidos em outubro recebem abono do PIS referente a 2017
  • 30 milhões de brasileiros que tiveram dados invadidos são avisados pelo Facebook
  • Juros cobrados dos consumidores no cartão e no cheque especial, por exemplo, voltam a cair
  • Preço médio do aluguel sobe 2%, em 2018, para R$ 28,55 o m²
  • Portabilidade numérica completa 10 anos: mais de 45 milhões de mudanças já foram realizadas
  • Preço da gasolina sobe para R$ 4,72 o litro, o maior valor no ano
  • Governo Temer é considerado ruim ou péssimo por 74% dos brasileiros, diz Ibope
  • PF vai investigar ameaça a Rosa Weber sobre suspeita de fraude nas urnas
  • Após perderem benefícios, família luta para cuidar de criança com paralisia cerebral
  • Gil Gomes morre aos 78 anos em São Paulo
  • Mudanças climáticas podem reduzir produção e elevar o valor da cerveja no mundo

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000