• Notícias
    Data da publicação: quarta-feira, 19 de abril de 2017
    FAB realiza testes para inserção de helicópteros do Exército no sistema Link BR-1
    Esse é um passo importante para integração das Forças em operações conjuntas
    Por: Redação
    E-mail



    Um passo importante para a integração das Forças Armadas em operações conjuntas foi dado pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). Uma série de testes realizados em meados de março avaliou, com êxito, a possibilidade de inserção dos helicópteros EC-725 (Projeto HX-BR) do Exército Brasileiro (EB) no Sistema de Comunicação Segura da Força Aérea Brasileira, o Sistema Link BR-1.

    "Com o resultado destes testes, a FAB e o EB programam o próximo passo, ou seja, a inclusão de toda a frota de EC 725 do EB no sistema Link BR-1", explica o Chefe da Divisão de Comunicações e Sistema de Informações do COMAE, Comandante de Mar e Guerra Mauro Olivé Ferreira. "Logo após este processo com o Exército, há coordenações em andamento com a Marinha do Brasil para a integração também de seus vetores, de forma a termos uma completa integração de comunicação segura entre as três Forças nas operações aéreas conjuntas. É o Brasil cada vez mais forte no cumprimento da defesa de sua soberania", complementa o Comandante.

    Os experimentos promovidos por meio da Divisão de Comunicação e Sistema de Informação (DIVCSI) do COMAE foram animadores, pois o Link BR-1, um sistema de Comunicação de Voz e Dados com possibilidade de transmissão criptografada e/ou em salto de frequências (COMSEC COMSEC/TRANSEC), possibilita a comunicação segura entre vetores aéreos e entre estes vetores e Centros de Operações Militares (COPM), por meio de Estações de Solo (DLRS).

    Para a avaliação, o Exército Brasileiro enviou à Ala 1, sediada em Brasília (DF), o helicóptero EC-725, matrícula EXB-5006. Após a configuração dos rádios V/UHF da aeronave pela equipe do COMAE com algoritmo e chaves de criptografia, foram realizados testes em solo e em voo, com o apoio de uma aeronave do Esquadrão Arara (FAB 2800).

    Posteriormente, ocorreu o teste de comunicação segura em voo entre a aeronave 5006 e a Estação Remota de Data Link (DLRS) da Ala 2, sediada em Anápolis, bem como com a aeronave E-99 do esquadrão Guardião.

    "Uma vez concluído este processo de inserção, haverá um ganho significativo na integração das Forças em missões de operações aéreas conjuntas, pois haverá a interoperabilidade em comunicação segura, entre os atores envolvidos, vetores e controladores, além da comunicação em claro, já usual", ressalta o Comandante Olivé.

  • Veja também
  • Brasil possui a maior carga tributária da América Latina e Caribe
  • RÚSSIA 2018: Copa do Mundo terá programação cultural brasileira
  • Diariamente, 15 mil crianças de até cinco anos morreram no ano passado
  • 70% dos devedores brasileiros sofrem de ansiedade
  • Frutas e pescados mais caros puxam preço médio dos alimentos
  • Brasil gerou mais de 34 mil empregos em setembro
  • Justiça multa Neymar em R$ 3,8 milhões
  • Justiça suspende bloqueio de bens dos irmãos Batista e do grupo J&F
  • Clássicos marcam a 30ª rodada do Brasileirão, no fim de semana
  • Multas de trânsito podem ser pagas no débito ou parceladas no cartão de crédito
  • SUS já tem adesivo para tratamento contra o Alzheimer de graça
  • Copa do Mundo sub-17: Brasil pega a Alemanha no domingo por uma vaga nas semifinais
  • Reforma da Previdência deve voltar à Câmara, em novembro, com flexibilização das regras
  • Campeonato Paulista 2018 tem grupos definidos
  • A cada ano, quase três milhões de jovens brasileiros deixam de frequentar a escola

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000