• Notícias
    Data da publicação: terça-feira, 05 de setembro de 2017
    Jovens da geração smartphone estão menos preparados para a vida adulta
    Por: Bernadete Druzian - Rádio 2

    Eles vivem conectados ao celular, bebem pouco, quase não se interessam por dirigir ou fazer sexo. São os jovens da chamada "geração smartphone", nascidos após 1995, que chegam menos preparados à vida adulta.

    Pelo menos é o que diz um estudo realizado pela professora de psicologia Jean Twenge, da Universidade Estadual de San Diego, nos Estados Unidos.

    Os resultados revelam uma geração preocupada com a segurança física e emocional, distante de situações arriscadas. Mais tolerante e ativa na defesa de causas sociais, como igualdade de gêneros e direitos LGBT.

    De acordo com a professora, em entrevista à BBC, os jovens chegam à universidade e ao mercado de trabalho com menos experiência, mais dependentes e com dificuldades para tomar decisões.

    Jean Twenge avalia que chegam aos 18 anos agindo como se tivessem 15, na comparação com gerações anteriores.

    No universo norte-americano, a "geração smartphone" tem altos índices de ansiedade, depressão e solidão. A taxa de suicídio triplicou na última década, entre meninas de 12 a 14 anos.

    A pesquisa ouviu 11 milhões de adolescentes americanos.

    Veja também
  • Passageiro desembarca em Congonhas com pistolas semi-automáticas escondidas
  • Menos de 10% das imagens compartilhadas em grupos de WhatsApp são verdadeiras, constata estudo
  • Francisco pode ser o primeiro Papa a visitar a Coreia do Norte
  • Horário de Verão afeta mais da metade dos participantes do Enem
  • Brasileiros nascidos em outubro recebem abono do PIS referente a 2017
  • 30 milhões de brasileiros que tiveram dados invadidos são avisados pelo Facebook
  • Juros cobrados dos consumidores no cartão e no cheque especial, por exemplo, voltam a cair
  • Preço médio do aluguel sobe 2%, em 2018, para R$ 28,55 o m²
  • Portabilidade numérica completa 10 anos: mais de 45 milhões de mudanças já foram realizadas
  • Preço da gasolina sobe para R$ 4,72 o litro, o maior valor no ano
  • Governo Temer é considerado ruim ou péssimo por 74% dos brasileiros, diz Ibope
  • PF vai investigar ameaça a Rosa Weber sobre suspeita de fraude nas urnas
  • Após perderem benefícios, família luta para cuidar de criança com paralisia cerebral
  • Gil Gomes morre aos 78 anos em São Paulo
  • Mudanças climáticas podem reduzir produção e elevar o valor da cerveja no mundo

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000