• Notícias
    Data da publicação: terça-feira, 05 de setembro de 2017
    Juízes do Trabalho adotam WhatsApp na conciliação de conflitos
    Por: Redação
    E-mail

    Embora a conciliação de conflitos via WhatsApp não seja regulamentada pelo Conselho Nacional de Justiça, alguns tribunais do país já estão utilizando a ferramenta para fazer acordos e solucionar as causas trabalhistas. É o caso do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região de São Paulo, que começou a cadastrar as partes em conflito e os advogados em grupos de conversa para debater propostas de acordo. Quem dá mais detalhes é o juiz do Trabalho, Vinícius Rezende.

    "Para evitar dispensar as partes e, eventualmente, não chegar a conciliação, a ideia foi a gente continuar com o contato, continuar conversando, só que por meio de um grupo de WhatsApp. As duas partes acharam que a justiça ficou bem acessível neste caso. O juiz conversando diretamente com eles foi um ponto positivo."

    O uso da ferramenta pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região de São Paulo não parou por aí. Em outra situação, o WhatsApp ajudou a fechar um acordo entre um reclamante que estava na África do Sul com o reclamado que estava no Brasil. Os dois, juntamente com os advogados, criaram um grupo e, em pouco mais de uma hora, saiu o acordo. É o que explica o juiz do Trabalho Frederico Bizzotto.

    "Ele realmente só foi possível por conta do WhatsApp. A advogada trouxe a notícia de que ele estava interessado em fazer o acordo, mas pela ausência, nos moldes tradicionais, seria inviável fazê-lo. Então o quê que eu fiz? Suspendi a audiência por duas horas, sugeri que eles criassem um grupo de WhatsApp para tentar fechar o acordo."

    Pelo menos outros três tribunais do país também praticam a conciliação no meio virtual. Ao longo de um ano, cerca de quatro milhões de causas são apresentadas nos órgãos da Justiça do Trabalho em todo o país, enquanto cinco milhões terminam o ano sem solução.

    Veja também
  • Veterinária responde dúvidas de ouvintes sobre desidratação e banhos no inverno
  • Vacina brasileira contra a dengue é patenteada e deve chegar ao mercado nos próximos meses
  • Golpe promete desconto em óculos de sol para roubar perfis em redes sociais
  • Guarda Civil apreende rapaz com pinos de cocaína e R$70 em Capivari
  • Comércio vendeu mais no Dia dos Namorados afirma pesquisa
  • Maior vestibular do País, prova da Fuvest terá reconhecimento facial dos candidatos
  • Blitz da Lei Seca autua 73 motoristas; Seis deles podem pegar até três anos de cadeia
  • Atenção às medidas de segurança na passagem pelos pedágios eletrônicos; lei determina retirada de cancelas
  • Artista que faz estátua viva em Capivari passa por dificuldades e tem morado na rua
  • Dpvat já indenizou 148 mil vítimas em 2018
  • 62% dos jovens brasileiros têm o desejo de morar fora do país, revela pesquisa
  • 60% dos torcedores trocaria título do time por hexa na Copa, diz pesquisa
  • Provimento regulamenta teletrabalho nos cartórios de notas e de registro
  • Inverno exige cuidado redobrado com a pele
  • Preços dos combustíveis diminuem, mas gasolina e álcool estão mais caros que antes da greve

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000