• Notícias
    Data da publicação: sábado, 21 de outubro de 2017
    Diariamente, 15 mil crianças de até cinco anos morreram no ano passado
    Por: Tadeu Inácio - Rádio 2

    A cada dia do ano passado, 15 mil crianças de até cinco anos morreram em todo o mundo.

    Desse total, 7 mil, ou 46%, não resistiram aos primeiros 28 dias de vida.

    Os números constam no mais recente relatório da Unicef, em parceria com o Banco Mundial.

    O Fundo das Nações Unidas para a Infância relatou ainda que, apesar de uma queda na mortalidade nos primeiros cinco anos de vida, de 9 milhões e 900 mil de mortes em 2000 para 5 milhões e 600 mil em 2016, a proporção de recém-nascidos entre as vítimas subiu de 41% para 46%.

    Entre os continentes, a Ásia, puxada por Índia e Paquistão, liderou com 39%, 1 ponto percentual à frente da África Subsaariana.

    A Unicef alertou ainda que, caso a tendência se mantenha, 60 milhões de crianças menores de cinco anos morrerão entre 2017 e 2030.

    Veja também
  • Veterinária responde dúvidas de ouvintes sobre desidratação e banhos no inverno
  • Vacina brasileira contra a dengue é patenteada e deve chegar ao mercado nos próximos meses
  • Golpe promete desconto em óculos de sol para roubar perfis em redes sociais
  • Guarda Civil apreende rapaz com pinos de cocaína e R$70 em Capivari
  • Comércio vendeu mais no Dia dos Namorados afirma pesquisa
  • Maior vestibular do País, prova da Fuvest terá reconhecimento facial dos candidatos
  • Blitz da Lei Seca autua 73 motoristas; Seis deles podem pegar até três anos de cadeia
  • Atenção às medidas de segurança na passagem pelos pedágios eletrônicos; lei determina retirada de cancelas
  • Artista que faz estátua viva em Capivari passa por dificuldades e tem morado na rua
  • Dpvat já indenizou 148 mil vítimas em 2018
  • 62% dos jovens brasileiros têm o desejo de morar fora do país, revela pesquisa
  • 60% dos torcedores trocaria título do time por hexa na Copa, diz pesquisa
  • Provimento regulamenta teletrabalho nos cartórios de notas e de registro
  • Inverno exige cuidado redobrado com a pele
  • Preços dos combustíveis diminuem, mas gasolina e álcool estão mais caros que antes da greve

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000