• Notícias
    Data da publicação: quinta-feira, 02 de novembro de 2017
    Vítimas do acidente em Mariana-MG sofrem preconceito e querem a volta da Samarco
    O desemprego em Mariana saltou de 5 para 23% depois do acidente, índice bem maior do que em Belo Horizonte, que chegou a quase 14% neste ano.
    Por: Bernadete Druzian - Rádio 2



    Moradores de Mariana, atingida pelo acidente que inundou a cidade mineira de lama, em 2015, querem a reativação das atividades da Samarco.

    São famílias desalojadas dos distritos rurais de Paracatu, Bento Rodrigues e Gesteira, com o rompimento da barragem do Fundão, que espalhou lama de minério de ferro pela região.

    Sem emprego, vivem com auxílio de um salário mínimo por mês em imóveis alugados, enquanto aguardam a reconstrução das comunidades.

    Em choque com a vida urbana, não conseguem consumir no comércio e reclamam do tratamento preconceituoso dos moradores da cidade.

    São hostilizados e chamados de desocupados. Já outros grupos fazem campanha em defesa das vítimas, espalhando cartazes com os dizeres: "Somos todos atingidos".

    O prefeito Duarte Júnior disse à BBC que uma minoria acha que os moradores dos distritos rurais são responsáveis pelo acidente. E afirma que defende o retorno da mineração, mas quer a punição dos culpados.

    O desemprego em Mariana saltou de 5 para 23% depois do acidente, índice bem maior do que em Belo Horizonte, que chegou a quase 14% neste ano.

    O acidente na barragem do Fundou matou 19 pessoas, atingiu 39 cidades e mais de 600 quilômetros de rios e nascentes.

    Veja também
  • OMS define todo o Estado de São Paulo como área de risco para a febre amarela
  • Procuradoria pede pena de 387 anos a Cunha por desvios na Caixa
  • Capivari disponibiliza vacina de Febre Amarela. Veja quem pode receber a dose.
  • Anac reajusta tarifas de embarque de voos domésticos e internacionais
  • Projeto de Lei prevê prisão para usuários de TV por assinatura pirata
  • Vice-presidente do Detran inaugura unidade em Capivari
  • Saae Capivari informa!
  • Mercado mostra recuperação e vendas de ônibus e caminhões aumentam 5%
  • Quase 23 milhões de pessoas sacam o abono salarial ano-base 2015
  • Percentual de obesos cresce em 8 anos no Brasil, diz ANS
  • Paulistão começa no meio da semana com oito jogos
  • Prefeitura afirma que informação sobre o edital de pagamento da Cesta Alimentação é falsa
  • 25 motoristas são autuados por embriagues ao volante no último sábado
  • Um terço das universidades federais tem denúncia em cota racial
  • Lava Jato considera falsos recibos apresentados por Lula no caso do apartamento em SBC

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000