• Notícias
    Data da publicação: terça-feira, 07 de novembro de 2017
    Lei que libera uso de celulares em salas de aulas em escolas estaduais é sancionada
    Projeto aprovado autoriza o uso do equipamento para fins pedagógicos em escolas do Estado de São Paulo.


    Foto:Luis Blanco /A2img


    O governador Geraldo Alckmin, acompanhado do secretário da Educação, José Renato Nalini, sancionou, na tarde desta segunda-feira, 6, a lei que libera o uso de telefone celular em sala de aula para fins pedagógicos. O projeto de lei nº 860/2016 alterou a lei 12.730/2007, que proibia o uso de celulares em escolas estaduais. Ele havia sido aprovado pela Assembleia Legislativa de São Paulo no último dia 11 de outubro.

    “A Secretaria da Educação tem feito um excelente trabalho de tornar a escola mais atraente para os jovens e de melhorar a qualidade do ensino. A internet no celular abre inúmeras possibilidades de atividades e pesquisa. Será um grande salto em benefício dos alunos”, disse o governador.

    A proposta foi encaminhada pelo governador à Alesp, em 2016, após um pedido feito pelo titular da pasta. Ao sancionar a lei, estudantes dos ensinos fundamental e médio poderão utilizar os aparelhos em sala de aula em atividades pedagógicas, orientadas por educadores, envolvendo-os na linguagem de seu tempo, no acompanhamento das inovações tecnológicas e despertando a criatividade no desenvolvimento de novos projetos.


    Wi-fi e banda larga na rede estadual

    Até outubro de 2018, todas as 5 mil escolas estaduais serão equipadas com sistema wi-fi e banda larga. A novidade faz parte do novo plano tecnológico anunciado pelo Governo de São Paulo e que irá modernizar a rede. A instalação da internet sem fio terá início nas salas dos professores e de informática. As unidades que participam do Escola da Família também poderão utilizar a conexão aos fins de semana, em áreas indicadas por cada equipe gestora.

    O sinal também estará mais rápido. Dois links vão abastecer as escolas: Intragov (do governo estadual e já existente) e Telefônica. O reforço garante a conexão permanente e a possibilidade de distribuir o sinal entre atividades pedagógicas e administrativas. Além disso, a velocidade será ampliada. Importante: o monitoramento e filtro de conteúdo acessado pelos estudantes será mantido.


  • Veja também
  • Economistas acreditam que as vendas para o Natal devem crescer neste ano
  • Reclamação com internet fixa aumenta
  • Concurso Público em Capivari abre 171 vagas
  • Condenado a mais de 15 anos de prisão, Cunha volta a cumprir pena no Paraná
  • PAT de Capivari tem 28 vagas de emprego
  • Com 134 denunciados, Lava Jato no RJ já pediu devolução de R$ 2,3 bi
  • Cientistas curam diabetes tipo 1 de ratos com células-tronco modificadas
  • Com 100%, Manchester United e PSG entram em campo na quarta pela Liga dos Campeões
  • Apreensão de fuzis estrangeiros avança 169% no RJ
  • Brasil terá mais aposentados do que trabalhadores ativos daqui a 40 anos
  • Licenciamento de veículos com placa final 9 vai só até o fim do mês
  • Tomate e batata mais caros puxam custo de vida da população de baixa renda
  • Cerca de 105 mil motoristas terão desconto de quase R$ 16 milhões no IPVA
  • Roer as unhas pode prejudicar a saúde da boca
  • Pedras obstruem rede de esgoto no bairro Castelani

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000