• Notícias
    Data da publicação: domingo, 17 de dezembro de 2017
    Justiça torna réus acusados de desviar verbas da Lei Rouanet
    Por: Isabela Moraes - Rádio 2

    Ministério Público Federal denuncia por organização criminosa 29 dos 32 acusados por fraude na Lei Rouanet.

    Estas pessoas captavam dinheiro de empresas pela regulamentação para organização de eventos culturais, produções de livros e shows.

    Apontado como chefe desta organização criminosa, Antônio Carlos Bellini, usou os recursos para pagar a festa de casamento de um dos filhos em um hotel de luxo de Jurerê Internacional, em Florianópolis, Santa Catarina.

    Já empresários e executivos que participaram do desvio, são acusados de fazer parte de associação criminosa

    Algumas empresas chegaram a pagar festas de fim de ano para os funcionários e estão impedidas de usarem os recursos culturais até que a ação penal seja julgada.




    Veja também
  • Saae Capivari informa!
  • Mercado mostra recuperação e vendas de ônibus e caminhões aumentam 5%
  • Quase 23 milhões de pessoas sacam o abono salarial ano-base 2015
  • Percentual de obesos cresce em 8 anos no Brasil, diz ANS
  • Paulistão começa no meio da semana com oito jogos
  • Prefeitura afirma que informação sobre o edital de pagamento da Cesta Alimentação é falsa
  • 25 motoristas são autuados por embriagues ao volante no último sábado
  • Um terço das universidades federais tem denúncia em cota racial
  • Lava Jato considera falsos recibos apresentados por Lula no caso do apartamento em SBC
  • Um em cada cinco presos relata a juiz violência durante a prisão, diz CNJ
  • Laudo indica que Suzane von Richthofen tem condições de cumprir a pena em liberdade
  • Resultados do Enem 2017 serão divulgados no próximo dia 18
  • Ansiedade em idosos pode contribuir no desenvolvimento do Alzheimer
  • Operário sofre descarga elétrica em Capivari
  • Homem morre eletrocutado no bairro Moreto em Capivari

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000