• Notícias
    Data da publicação: sexta-feira, 22 de dezembro de 2017
    Banco de estupradores guarda até esperma para identificação de criminosos
    Por: Tadeu Inácio - Rádio 2

    Mais de 700 estupradores têm material genético guardado no Instituto Médico Legal do Hospital Pérola Byington, em São Paulo.

    O banco de dados, que inclui até esperma, é utilizado toda vez que um suspeito precisa ser identificado. E permite, também, comprovar a existência de outros crimes.

    A investigação cruza os dados da polícia após relato das vítimas com as informações cadastradas no IML.

    As mulheres expostas à violência sexual passam por exames e coleta de provas, além do atendimento de apoio psicológico no hospital.

    Segundo a Superintendência da Polícia Técnica-Científica do Estado, o banco de dados biológicos começou a ser formado em 2015.

    E ajudou a desvendar crimes como o do maníaco do Ibirapuera.



    Veja também
  • Pais pedem ajuda para filho de 6 meses que tem Epilepsia de difícil controle
  • Gás de cozinha tem queda de preço nas refinarias
  • 26 vagas de emprego estão disponíveis no PAT de Capivari
  • Feijão quase 40% mais barato derruba preço da cesta básica, em 2017
  • Temporais de verão: saiba como agir se começar a chover durante o seu trajeto
  • Gravidez de alto risco tem direito a INSS
  • Conta vencida será paga em qualquer banco a partir de julho
  • Anvisa cria novas regras para venda de cigarro
  • OMS define todo o Estado de São Paulo como área de risco para a febre amarela
  • Procuradoria pede pena de 387 anos a Cunha por desvios na Caixa
  • Capivari disponibiliza vacina de Febre Amarela. Veja quem pode receber a dose.
  • Anac reajusta tarifas de embarque de voos domésticos e internacionais
  • Projeto de Lei prevê prisão para usuários de TV por assinatura pirata
  • Vice-presidente do Detran inaugura unidade em Capivari
  • Saae Capivari informa!

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000