• Notícias
    Data da publicação: sábado, 30 de dezembro de 2017
    Acidentes com fogos aumentam durante as festas de fim de ano
    Por: Sig Eikmeier - Rádio 2

    Todos os anos, milhares de pessoas são internadas por acidentes provocados pelo uso de fogos de artifício.


    Nos prontos-socorros, são comuns os relatos de queimaduras de até terceiro grau, amputações de dedos e mãos e perda das funções motoras.


    E o número de casos costuma aumentar durante as comemorações do Ano Novo, principalmente entre os jovens.


    Por isso é preciso redobrar os cuidados e de preferência, deixar que apenas profissionais capacitados acendam os fogos.


    Uma medida importante é só utilizar estes artefatos ao ar livre e nunca apontá-los para as pessoas.


    Outra recomendação é não segurar o rojão com a mão e sim encaixar ele em um suporte antes de acender.


    Também é preciso ter o cuidado de molhar os artefatos usados antes de descartar e nunca tentar reaproveitar os fogos, mesmo que não estourem.

    Veja também
  • Arroz e feijão são os alimentos mais desperdiçados no Brasil
  • Anatel começa a bloquear celulares irregulares; proprietários receberão mensagens
  • Entenda como o consumo exagerado de refrigerante pode afetar a saúde
  • Votos brancos e nulos não são considerados válidos e não favorecem nenhum candidato
  • Empresas que ligam para oferecer produtos ou serviços são multadas
  • Brasil segue estagnado em ranking global de IDH
  • Por não pagarem as prestações, 58% dos brasileiros que fazem crediário ficam com o nome sujo
  • Almir Pazzianotto fala sobre política e o desenvolvimento de Capivari
  • Primavera começa neste sábado; estação é mais úmida que o inverno na maior parte do país
  • Uma criança morre a cada 5 segundos em todo o mundo, diz OMS
  • Doença confundida com Alzheimer e Parkinson pode ser curada com cirurgia
  • Lixões, que deveriam ter sido fechados no país até 2014, funcionam em pelo menos 1.600 cidadea
  • Veja como checar se uma notícia é falsa
  • Trabalhadores realizaram 1.566 greves em 2017, diz Dieese
  • Câncer vai matar mais de 9 milhões de pessoas este ano

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000