• Notícias
    Data da publicação: quarta-feira, 17 de janeiro de 2018
    OMS define todo o Estado de São Paulo como área de risco para a febre amarela
    São Paulo está entre as áreas prioritárias estabelecidas pelo Ministério da Saúde para cobertura vacinal.
    Por: Bernadete Druzian - Rádio 2

    Estado de São Paulo inteiro passou a ser considerado como área de risco para a febre amarela. A avaliação da Organização Mundial de Saúde, na terça-feira, considerou o aumento da atividade do vírus em diversas regiões.

    A recomendação da OMS é que visitantes estrangeiros com destino a qualquer área da capital ou do interior sejam vacinados.


    São Paulo está entre as áreas prioritárias estabelecidas pelo Ministério da Saúde para cobertura vacinal.

    A campanha com doses fracionadas foi antecipada de 03 de fevereiro para o dia 29 de janeiro, conforme anunciou o Governador Geraldo Alckmin.

    O estado vai receber 1 milhão de doses a mais, para imunizar maior número de pessoas. Cerca de 8 milhões e 300 mil pessoas devem receber a vacina no mutirão.

    A previsão é vacinar toda a população até o fim do ano, segundo o governador. A remessa do primeiro lote de 500 mil vacinas foi feita na terça-feira.

    De janeiro do ano passado até o momento, foram diagnosticados 40 casos de febre amarela silvestre, com 21 mortes confirmadas.

    Desde 1942 não ocorre nenhum caso de febre amarela urbana em São Paulo.

    Os casos registrados são da doença silvestre, ou seja, transmitida por mosquitos que vivem nas matas e espalham o vírus de macacos contaminados.

    Veja também
  • Rede falsa, que vendia “likes” e páginas é derrubada pelo Facebook
  • Novo golpe que vem sendo aplicado em nome da Previdência
  • Norte do Brasil é a região com mais eleitores jovens
  • Economia melhora e derruba o número de empresas em falência ou recuperação judicial
  • Cai o número de linhas de telefone fixo no Brasil
  • Correios e trabalhadores entram em acordo e não haverá greve
  • Batuque de Umbigada de Capivari será exaltado em projeto apresentado nos próximos dois sábados
  • Erros e falhas causam a morte de 6 pacientes por hora nos hospitais brasileiros
  • Cresce o volume de carga transportada por ferrovia no Brasil, diz CNT
  • Vendas para o Dia dos Pais disparam, em 2018
  • Batata e cebola mais baratas derrubam custo de vida do brasileiro
  • De cada quatro brasileiros, um entrou no rotativo do cartão de crédito
  • Evento Samba do Bem terá renda revertida a duas instituições de Capivari. Organizadora fala sobre o evento
  • Com avanço da safra de cana, queda no preço do álcool chega a R$ 0,26, desde a greve dos caminhoneiros
  • Banco Central projeta inflação de 4,15%, para 2018

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000