• Notícias
    Data da publicação: sexta-feira, 02 de fevereiro de 2018
    É inadmissível desacatar decisão judicial, afirmou ministra Cármem Lúcia
    Por: Bernadete Druzian - Rádio 2

    Mais do que julgar, o Judiciário resolveu defender a classe e valorizar o terceiro poder. A ministra do STF, Cármem Lúcia, abriu o Ano Judiciário 2018 com a declaração de que “é inadmissível desacatar decisão judicial”.


    Já a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu que as decisões judiciais sejam cumpridas para acabar com a sensação de impunidade.


    A magistrada destacou que as instituições da Justiça trabalham arduamente e de forma independente.


    E ressaltou o papel dos Tribunais Superiores, de corrigir eventuais erros, e reparar situações de injustiças.


    Raquel Dodge salientou que todo o trabalho não será suficiente se não houver cumprimento das decisões, restauração dos direitos, reparação dos danos e que os culpados paguem pelos seus atos.


    O poder Judiciário enfrenta algumas crises com o Executivo. Uma delas foi o recente episódio de suspensão da posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) no Ministério do Trabalho.


    Antes, a ministra Cármem Lúcia suspendeu parcialmente o indulto de Natal criado pelo presidente Temer.

    Veja também
  • Passageiro desembarca em Congonhas com pistolas semi-automáticas escondidas
  • Menos de 10% das imagens compartilhadas em grupos de WhatsApp são verdadeiras, constata estudo
  • Francisco pode ser o primeiro Papa a visitar a Coreia do Norte
  • Horário de Verão afeta mais da metade dos participantes do Enem
  • Brasileiros nascidos em outubro recebem abono do PIS referente a 2017
  • 30 milhões de brasileiros que tiveram dados invadidos são avisados pelo Facebook
  • Juros cobrados dos consumidores no cartão e no cheque especial, por exemplo, voltam a cair
  • Preço médio do aluguel sobe 2%, em 2018, para R$ 28,55 o m²
  • Portabilidade numérica completa 10 anos: mais de 45 milhões de mudanças já foram realizadas
  • Preço da gasolina sobe para R$ 4,72 o litro, o maior valor no ano
  • Governo Temer é considerado ruim ou péssimo por 74% dos brasileiros, diz Ibope
  • PF vai investigar ameaça a Rosa Weber sobre suspeita de fraude nas urnas
  • Após perderem benefícios, família luta para cuidar de criança com paralisia cerebral
  • Gil Gomes morre aos 78 anos em São Paulo
  • Mudanças climáticas podem reduzir produção e elevar o valor da cerveja no mundo

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000