• Notícias
    Data da publicação: segunda-feira, 05 de fevereiro de 2018
    Pesquisadores alertam que matar macacos pode prejudicar o combate à febre amarela
    Por: Isabela Moraes - Rádio 2

    Risco de febre amarela não vai acabar com a morte de macacos.

    Isso é o que diz uma pesquisa da Universidade Federal do Espírito Santo.

    Os 213 casos e 81 mortes de febre amarela registrados no Brasil estão fazendo com que pessoas sigam até o habitat de macacos para matar os animais.

    Dois tipos de mosquitos silvestres transmitem a doença aos macacos: Haemagogus e Sabethes.

    Se muitos macacos começam a morrer, a tendência é aumentar a chance de contaminação de humanos.

    Sem ter primatas para picar, os mosquitos buscarão alimentos em outras localidades e o homem vira a próxima opção como fonte de sangue.

    As informações são da BBC Brasil.

    Veja também
  • Mais de um milhão de crianças foram imunizadas contra sarampo e polio na primeira semana de campanha
  • Mensagem que circula nas redes sociais sobre aumento das multas de trânsito é falsa
  • Brasil tem 164 casos de estupro por dia e mais de 220 mil crimes na Lei Maria da Penha
  • Meia hora de atividade física por dia ajuda a prevenir câncer de mama e de cólon, aponta estudo
  • João Doria, candidato a Governador de São Paulo, falou sobre suas propostas à Raízes FM
  • Correntistas de qualquer banco começam a receber hoje o dinheiro do Fundo Pis/Pasep
  • Termina amanhã prazo para registro de candidatos; campanha começa na quinta-feira
  • Operação da Lei Seca autua 83 motoristas, em várias cidades paulistas
  • Pneus podem ter desconto para deficientes
  • Brasil já cumpriu meta de redução de emissão de carbono estabelecida para 2020
  • Brasil exportou mais de 2 milhões de sacas de café em julho
  • Fuvest abre inscrições para o vestibular 2019
  • Após decisão do STF, procuradores aprovam reajuste de 16% em salários
  • Operação Dia dos Pais encontra irregularidades no comércio
  • Sistema de reconhecimento facial será usado para garantir mais segurança nas Olimpíadas de 2020

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000