• Notícias
    Data da publicação: sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018
    Câmara de Capivari realizou a primeira Sessão Ordinária de 2018
    Por: Redação
    E-mail

    A Câmara Municipal de Capivari realizou a 1ª Sessão Ordinária de 2018, na noite de segunda-feira, 5, na Sala das Sessões do Palácio 10 de Julho.

    A pedido do vereador Guacyro Justino Alfredo (DEM), os vereadores votaram o Projeto de Lei n.º 17/2018 na Ordem do Dia, em regime de urgência. 

    Na sequência, o vereador pediu regime de urgência e votação em bloco para os Projetos de Lei do n.º 18 ao 40/2018. Todos dispõem sobre questões orçamentárias do município e seguiram para votação na Ordem do Dia.

    O Projeto de Resolução n.º 001/2018, de autoria da mesa diretora da Câmara Municipal de Capivari, também seguiu para votação em regime de urgência na Ordem do Dia.

    Na Tribuna Livre falaram todos os vereadores presentes: Nelson Soares (PR), Mateus Scarso (PMDB), Valdir da Farmácia (PSL), Gil do Pastel (PSC), Rogério Marini (PSDB), Jurandir Pinheiro dos Santos “Binga” (PSL), Eliseu Serrano (PR), Dr. Guacyro (DEM), Gamaliel Lourenço de Souza (PTN), Denilton Rocha (PMDB), Edson José Bombonatti “Tambuzinho” (PSL) e Bruno Barnabé (PSDB).

    Na Ordem do Dia, os vereadores aprovaram por 7 votos contra 3, o PL n.º 17/2018. Ele autoriza o Poder executivo a conduzir o profissional médico á jornada de trabalho em regime de plantão médico e dispõe sobre remuneração desse plantão por hora trabalhada. Votaram contra o projeto os vereadores Mateus Scarso (PMDB), Denilton Rocha (PMDB) e Tambuzinho (PSL). 

    Os PLs de n.º 18 ao 40/2018 foram votados em bloco e em regime de urgência. Os projetos dispõem sobre peças orçamentárias do município de Capivari. Todos foram aprovados por unanimidade.

    Os vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Resolução n.º 001/2018 da Mesa Diretora, que suspende o expediente no palácio 10 de Julho nos dias 12 e 13 de fevereiro, em decorrência do Carnaval. 

    De autoria do Poder Executivo, o PL n.º 14/2018 autoriza o Poder Executivo a conceder subvenção à Associação São Jerônimo, para manutenção do Projeto Teto e Afeto - Família Acolhedora. O projeto teve aprovação da maioria dos vereadores. Deilton Rocha (PMDB) e Mateus Scarso (PMDB) votaram contra o projeto.

    A sessão foi transmitida ao vivo pelo canal da Câmara Municipal no Youtube e está disponível para acesso também no site.

    A próxima Sessão Ordinária acontecerá excepcionalmente na quarta-feira, 14, às 19h30, em decorrência do recesso de Carnaval.

    Veja também
  • Com desemprego, número de brasileiros endividados bate novo recorde
  • Pessoas vão às ruas em Capivari contra o abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes
  • Prefeitura cancela aulas da Rede Municipal em Capivari
  • Jovem de 15 anos é multado em R$ 139 milhões por provocar incêndio nos EUA
  • Semana do Meio Ambiente conta com exposição de maquetes no PAT
  • Mais de 100 pessoas participam de segunda etapa do Mutirão da Catarata
  • Laboratório da Vida será apresentado gratuitamente na próxima segunda e terça em Capivari
  • Prefeitura de Capivari faz decreto para facilitar abastecimento dos veículos oficiais
  • Veja os serviços afetados em Capivari por conta da paralisação dos caminhoneiros
  • Quase metade dos eleitores de Capivari, Rafard e Mombuca já cadastraram a digital
  • Vendas de roupas puxam alta e movimento no comércio volta a crescer
  • Número de doadoras de leite materno aumenta 10%, mas pode voltar a cair durante o inverno
  • Capivari registra saldo positivo em vagas de trabalho nos primeiros meses de 2018
  • Preço da soja volta a subir e ajuda produtores brasileiros
  • Postos de Capivari já ficam sem gasolina e álcool

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000