• Notícias
    Data da publicação: sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018
    Câmara de Capivari realizou a primeira Sessão Ordinária de 2018
    Por: Redação
    E-mail

    A Câmara Municipal de Capivari realizou a 1ª Sessão Ordinária de 2018, na noite de segunda-feira, 5, na Sala das Sessões do Palácio 10 de Julho.

    A pedido do vereador Guacyro Justino Alfredo (DEM), os vereadores votaram o Projeto de Lei n.º 17/2018 na Ordem do Dia, em regime de urgência. 

    Na sequência, o vereador pediu regime de urgência e votação em bloco para os Projetos de Lei do n.º 18 ao 40/2018. Todos dispõem sobre questões orçamentárias do município e seguiram para votação na Ordem do Dia.

    O Projeto de Resolução n.º 001/2018, de autoria da mesa diretora da Câmara Municipal de Capivari, também seguiu para votação em regime de urgência na Ordem do Dia.

    Na Tribuna Livre falaram todos os vereadores presentes: Nelson Soares (PR), Mateus Scarso (PMDB), Valdir da Farmácia (PSL), Gil do Pastel (PSC), Rogério Marini (PSDB), Jurandir Pinheiro dos Santos “Binga” (PSL), Eliseu Serrano (PR), Dr. Guacyro (DEM), Gamaliel Lourenço de Souza (PTN), Denilton Rocha (PMDB), Edson José Bombonatti “Tambuzinho” (PSL) e Bruno Barnabé (PSDB).

    Na Ordem do Dia, os vereadores aprovaram por 7 votos contra 3, o PL n.º 17/2018. Ele autoriza o Poder executivo a conduzir o profissional médico á jornada de trabalho em regime de plantão médico e dispõe sobre remuneração desse plantão por hora trabalhada. Votaram contra o projeto os vereadores Mateus Scarso (PMDB), Denilton Rocha (PMDB) e Tambuzinho (PSL). 

    Os PLs de n.º 18 ao 40/2018 foram votados em bloco e em regime de urgência. Os projetos dispõem sobre peças orçamentárias do município de Capivari. Todos foram aprovados por unanimidade.

    Os vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Resolução n.º 001/2018 da Mesa Diretora, que suspende o expediente no palácio 10 de Julho nos dias 12 e 13 de fevereiro, em decorrência do Carnaval. 

    De autoria do Poder Executivo, o PL n.º 14/2018 autoriza o Poder Executivo a conceder subvenção à Associação São Jerônimo, para manutenção do Projeto Teto e Afeto - Família Acolhedora. O projeto teve aprovação da maioria dos vereadores. Deilton Rocha (PMDB) e Mateus Scarso (PMDB) votaram contra o projeto.

    A sessão foi transmitida ao vivo pelo canal da Câmara Municipal no Youtube e está disponível para acesso também no site.

    A próxima Sessão Ordinária acontecerá excepcionalmente na quarta-feira, 14, às 19h30, em decorrência do recesso de Carnaval.

    Veja também
  • Mais de um milhão de crianças foram imunizadas contra sarampo e polio na primeira semana de campanha
  • Mensagem que circula nas redes sociais sobre aumento das multas de trânsito é falsa
  • Brasil tem 164 casos de estupro por dia e mais de 220 mil crimes na Lei Maria da Penha
  • Meia hora de atividade física por dia ajuda a prevenir câncer de mama e de cólon, aponta estudo
  • João Doria, candidato a Governador de São Paulo, falou sobre suas propostas à Raízes FM
  • Correntistas de qualquer banco começam a receber hoje o dinheiro do Fundo Pis/Pasep
  • Termina amanhã prazo para registro de candidatos; campanha começa na quinta-feira
  • Operação da Lei Seca autua 83 motoristas, em várias cidades paulistas
  • Pneus podem ter desconto para deficientes
  • Brasil já cumpriu meta de redução de emissão de carbono estabelecida para 2020
  • Brasil exportou mais de 2 milhões de sacas de café em julho
  • Fuvest abre inscrições para o vestibular 2019
  • Após decisão do STF, procuradores aprovam reajuste de 16% em salários
  • Operação Dia dos Pais encontra irregularidades no comércio
  • Sistema de reconhecimento facial será usado para garantir mais segurança nas Olimpíadas de 2020

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000