• Notícias
    Data da publicação: segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018
    USP descobre moléculas que podem tratar febre amarela
    A estratégia é conhecida como “reposicionamento de fármacos” e pode encurtar em vários anos a chegada de medicamentos do laboratório até as farmácias.
    Por: Redação
    E-mail


    Pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP identificaram moléculas com potencial para tratar a febre amarela.

    Os testes foram realizados em culturas de células humanas de fígado infectadas pelo vírus causador da doença.

    Das moléculas mais promissoras, duas delas também tiveram eficácia contra o vírus da dengue.

    Segundo um dos pesquisadores, este é o primeiro trabalho voltado para febre amarela que utiliza esta tecnologia.

    A estratégia é conhecida como “reposicionamento de fármacos” e pode encurtar em vários anos a chegada de medicamentos do laboratório até as farmácias.

    O estudo traz resultados inéditos ao localizar compostos que podem ser utilizados em vários casos, incluindo febre amarela.

    A partir daí abre-se a possibilidade da criação de fármacos para o tratamento dessa doença que hoje representa um problema de saúde pública brasileira e alarma a comunidade internacional.

    E o melhor é que a pesquisa já foi testada o que economiza tempo e dinheiro.

    Agora, o próximo passo é reunir outros cientistas em um consórcio de diferentes grupos de pesquisa para trabalhar com os dados obtidos, que são inéditos. Temos excelentes moléculas e trabalhando dessa forma diferenciada vamos conseguir agregar valor ao que fazemos. O foco é o produto final, fazer algo que, de fato, seja diferenciado para o paciente, explicou um dos pesquisadores.

    O próximo passo é modificar as moléculas para aumentar a potência contra o vírus e diminuir os efeitos tóxicos sobre as células.

    Fonte: Só Notícia Boa

    Veja também
  • Venda de veículos financiados cresce 7,7%, em agosto
  • Em setembro, juros do cheque especial voltam a subir
  • Enxaqueca tem vários gatilhos e obesidade aumenta em 44% risco da doença
  • Suspeito de invadir residências para filmar mulheres durante o banho é detido em Capivari
  • Brasil bate meta de vacinar 95% das crianças
  • Preço da gasolina dispara e supera valor registrado logo após a greve dos caminhoneiros
  • Pelo menos 29 pessoas acusadas de integrar quadrilha especializada em crimes cibernéticos são presas
  • Dia mundial sem carro será comemorado neste sábado em Capivari
  • Custo de vida do brasileiro sobe, mas alimentos mais baratos impedem avanço maior
  • Número de empresas que pedem falência ou recuperação judicial cai, mas ainda é alto
  • Desvalorização do real puxa preços de produtos feitos à base de trigo
  • Etanol amplia vantagem sobre a gasolina neste mês
  • Atenção às regras da Justiça Eleitoral: enquetes nas redes sociais são proibidas
  • Você sabia que pneu tem prazo de validade?
  • Vítima de feminicídio é enterrada em Capivari

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000