• Notícias
    Data da publicação: segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018
    88% dos novos médicos aprovados pelo Cremesp, não sabem interpretar exame de mamografia
    Por: Bernadete Druzian - Rádio 2

    Depois de 10 anos, Conselho Regional de Medicina de São Paulo consegue aprovar mais de 60% dos médicos recém-formados.

    Dos 2.636 novos profissionais que prestaram o exame, quase 65% acertaram mais da metade da prova. Os dados se referem ao exame do ano passado.

    Mas o percentual de erros básicos para avaliação de problemas de saúde frequentes também foi bastante alto.

    Segundo relatório do Cremesp, quase 90% dos formados em medicina não sabem interpretar exames de mamografia e 78% erraram o diagnóstico de diabete.

    O índice de reprovação na identificação de doenças parasitárias foi de 60%; outros 40% não conseguiram diagnosticar uma crise de apendicite aguda.

    Para a instituição, os erros são preocupantes pois refletem em situações rotineiras do atendimento de saúde.

    Bráulio Luna Filho, primeiro secretário do Cremesp afirma que um médico com essas dificuldades jamais conseguiria exercer a profissão nos Estados Unidos, no Canadá e em Portugal.

    Luna disse que a instituição quer oferecer um curso de reciclagem do conhecimento médico às universidades para melhor qualificar os profissionais.

    Veja também
  • Venda de veículos financiados cresce 7,7%, em agosto
  • Em setembro, juros do cheque especial voltam a subir
  • Enxaqueca tem vários gatilhos e obesidade aumenta em 44% risco da doença
  • Suspeito de invadir residências para filmar mulheres durante o banho é detido em Capivari
  • Brasil bate meta de vacinar 95% das crianças
  • Preço da gasolina dispara e supera valor registrado logo após a greve dos caminhoneiros
  • Pelo menos 29 pessoas acusadas de integrar quadrilha especializada em crimes cibernéticos são presas
  • Dia mundial sem carro será comemorado neste sábado em Capivari
  • Custo de vida do brasileiro sobe, mas alimentos mais baratos impedem avanço maior
  • Número de empresas que pedem falência ou recuperação judicial cai, mas ainda é alto
  • Desvalorização do real puxa preços de produtos feitos à base de trigo
  • Etanol amplia vantagem sobre a gasolina neste mês
  • Atenção às regras da Justiça Eleitoral: enquetes nas redes sociais são proibidas
  • Você sabia que pneu tem prazo de validade?
  • Vítima de feminicídio é enterrada em Capivari

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000