• Notícias
    Data da publicação: quinta-feira, 08 de março de 2018
    Uma mulher é assassinada a cada duas horas no Brasil
    Por: Isabela Moraes - Rádio 2

    Nesta quinta-feira, países de todo o mundo celebram o Dia Internacional da Mulher, data que simboliza a busca pela igualdade entre homens e mulheres.

    Mas, aqui no Brasil, não há muito o que comemorar, pois o país permanece como uma das nações mais violentas para as mulheres, na 7ª posição de um total de 83 países, segundo a Organização Mundial da Saúde.

    Dados divulgados pelo Monitor da Violência, parceria do site G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública apontou algumas estatísticas

    Como por exemplo, que 4.473 mulheres foram vítimas de homicídio em 2017, um crescimento de 6,5% em relação a 2016.

    O assassinato de mulheres em contextos marcados pela desigualdade de gênero recebeu uma designação própria: feminicídio, com 946 casos só no ano passado

    Para ter uma ideia, 50% das vítimas de homicídio do sexo feminino no Brasil são mortas por parentes, dos quais 33% são os maridos ou companheiros

    Talvez, o dia certo para comemorar esta data tão importante seja aquele em que nenhuma mulher for assassinada apenas por ser mulher.

    Veja também
  • Veterinária responde dúvidas de ouvintes sobre desidratação e banhos no inverno
  • Vacina brasileira contra a dengue é patenteada e deve chegar ao mercado nos próximos meses
  • Golpe promete desconto em óculos de sol para roubar perfis em redes sociais
  • Guarda Civil apreende rapaz com pinos de cocaína e R$70 em Capivari
  • Comércio vendeu mais no Dia dos Namorados afirma pesquisa
  • Maior vestibular do País, prova da Fuvest terá reconhecimento facial dos candidatos
  • Blitz da Lei Seca autua 73 motoristas; Seis deles podem pegar até três anos de cadeia
  • Atenção às medidas de segurança na passagem pelos pedágios eletrônicos; lei determina retirada de cancelas
  • Artista que faz estátua viva em Capivari passa por dificuldades e tem morado na rua
  • Dpvat já indenizou 148 mil vítimas em 2018
  • 62% dos jovens brasileiros têm o desejo de morar fora do país, revela pesquisa
  • 60% dos torcedores trocaria título do time por hexa na Copa, diz pesquisa
  • Provimento regulamenta teletrabalho nos cartórios de notas e de registro
  • Inverno exige cuidado redobrado com a pele
  • Preços dos combustíveis diminuem, mas gasolina e álcool estão mais caros que antes da greve

  • (19) 3491-1750
    R. Gal. Osório, 1047 Capivari / SP | CEP:13360-000