• Parabólicas
    Data da publicação: sexta-feira, 26 de janeiro de 2018
    Viciada em comer espuma garante: tem um sabor excelente.
    Por: Redação
    E-mail



    Como grande parte das mulheres tem desejos alimentares na gravidez, com essa mulher da Inglaterra, de 28 anos, não foi diferente. Mas, sua vontade era totalmente incomum, ela queria comer espuma. Isso mesmo, aquelas que encontramos no estofado dos sofás. E foi o que ela fez! Começou então, a tirar pedaços de sua poltrona preferida e comer junto com geleia, manteiga de amendoim e suco de laranja.

    Depois que seu primeiro filho nasceu, o seu desejo não passou e ela chegou a consumir mais de 2 mil espumas. Ela, que é esteticista, foi diagnosticada com um transtorno obsessivo-compulsivo caracterizado por apetite de substâncias não recomendadas. Sua mania começou em uma noite vendo TV, quando percebeu que havia um buraco no seu sofá. Então, ela ficou com vontade de mastigar a espuma como chiclete e sentiu a sensação agravável antes de engolir.



    A espuma satisfez o desejo que eu estava sentindo durante todo o dia. No dia seguinte, eu senti a mesma vontade e eu puxei um outro pequeno pedaço do tamanho de uma moeda. Eu estava bebendo suco no momento e mergulhei e mastiguei como se fosse um pão, disse. Ela pensou que seria apenas uma fase da gravidez, mas ela começou a comprar espumas extras e comer junto com outros alimentos.

    Eu comecei a tentar diferentes acompanhamentos em meus pedaços de espuma como: Nutella, compotas, mel, manteiga de amendoim e até molhos de soja, pimenta e até mesmo molho de carne. Todos deliciosos e relaxantes para comer, disse.

    Ela também come revestimentos internos de roupas e ainda tem pequenos sacos de esponjas e espuma escondida em seu carro, bolsas e ao redor da casa. Seu médico avisou que comer espuma e esponjas em longo prazo pode causar problemas ao seu sistema digestivo.

    Ela agora incorpora um laxante natural como o óleo de oliva em sua dieta, usando-o para mergulhar a espuma para manter seus movimentos intestinais regulares.

    Fonte: Hora 7



    Veja mais parabólicas