• Parabólicas
    Data da publicação: sexta-feira, 26 de janeiro de 2018
    Falar palavrões pode te fazer uma pessoa melhor
    Por: Redação
    E-mail



    Aquela sensação boa após soltar palavrões em um momento de estresse não é à toa. Xingar e usar palavras tabus, taxadas como “falta de educação”, na verdade, fazem bem. O fato foi comprovado em estudos científicos. Uma escritora inglesa reuniu “dados pró palavrão” num livro.

    Entre as pesquisas feitas sobre o assunto, um psicólogo descobriu que palavrões diminuem a dor. Ele pediu a voluntários para colocar as mãos em uma bacia de gelo e deixá-las submersas. Os participantes autorizados a xingarem durante o processo, conseguiram suportar mais tempo e apresentaram menor sensibilidade comparado aos que não podiam xingar.


    Segundo o psicólogo, xingamentos e palavrões surgem de uma parte diferente do cérebro que a linguagem planejada. Palavrões são diretamente conectados a emoções e, por isso, bloqueiam ou competem com outros sentimentos e sensações ligadas ao emocional.

    E os benefícios não param por aí: pessoas que usam palavras sujas são vistas como mais honestas e persuasivas, palavrões melhoram o desempenho profissional e aproximam colegas de trabalho.

    Fonte: Virgula



    Veja mais parabólicas