• Parabólicas
    Data da publicação: segunda-feira, 12 de março de 2018
    Dar as mãos para o parceiro diminui percepção de dor
    Por: Redação
    E-mail



    Ficar de mãos dadas com uma pessoa pode ser um dos primeiros sinais de que o relacionamento está ficando sério. Mas, além de indicar a intimidade entre duas pessoas, esse simples ato pode sincronizar as ondas cerebrais e reduzir a percepção da dor. É o que descobriu uma pesquisa que avaliou a atividade cerebral de 22 casais.

    O líder da pesquisa contou que a ideia veio de casa. "Minha esposa estava com dor e tudo que eu pensei foi 'O que eu posso fazer para ajudá-la?'. Peguei em sua mão e pareceu aliviar", explicou ele. Os cientistas de universidades dos EUA e de Israel, convidaram 22 casais heterossexuais que estavam juntos por pelo menos um ano. Eles mapearam a atividade cerebral de cada um deles em três diferentes cenários: juntos sem se tocar, juntos, mas de mãos dadas e sentados em salas separadas.

    Durante os testes, os pesquisadores aplicavam um objeto quente no braço das mulheres e perguntavam a elas qual parecia a intensidade daquela dor em cada um dos cenários. Em média, a intensidade da dor foi percebida 34% menor quando elas sofriam o contato enquanto estavam de mãos dadas com o companheiro.

    Além disso, segurar as mãos do amado no momento da dor aumentou a sincronização das ondas entre os cérebros dos parceiros. "Parece que a dor interrompe totalmente essa sincronização interpessoal entre os casais e o toque traz de volta", afirmou o pesquisador.

    Fonte: Minha Vida


    Veja mais parabólicas