• Parabólicas
    Data da publicação: sábado, 09 de junho de 2018
    Leite de barata é riquíssimo em nutrientes e proteína e pode ser próximo superalimento
    Por: Redação
    E-mail



    Leite de amêndoas, de coco, de soja, enfim, são várias as opções já encontradas e consumidas como alternativas ao leite tradicional de vaca. Mas uma nova versão, riquíssima em nutrientes e proteínas, pode, no futuro, ser o novo superalimento: o leite de barata.

    A ideia de consumir leite de barata pode não soar tão agradável e atraente, mas segundo um estudo realizado na Índia, o leite extraído de uma espécie específica, a barata-besouro do Pacífico (Diploptera punctata), é uma substância altamente nutritiva, com quase quatro vezes a proteína encontrada no leite de vaca.

    Apesar dos possíveis grandes benefícios para a saúde, o leite de barata ainda pode demorar um pouco para se transformar em um alimento comum, à venda no supermercado. Primeiro porque, segundo os cientistas, o líquido é mais difícil de ser obtido. As baratas, obviamente, não seriam ordenhadas como vacas.

    As espécies mais comuns são conhecidas por botar ovos, mas a barata-besouro do Pacífico dá à luz os filhotes. E minúsculos cristais extraídos do intestino dos embriões é que dão origem ao leite.

    Além disso, de acordo com os próprios pesquisadores, ainda são necessários mais estudos para descobrir se o consumo do leite de barata é seguro para humanos, pois os níveis de hormônio do crescimento presentes no líquido são desconhecidos e seus altos teores de açúcar poderiam não ser tão adequados para a saúde.

    Fonte: Vix

    Veja mais parabólicas