• Parabólicas
    Data da publicação: terça-feira, 12 de junho de 2018
    Funcionária é demitida por beber água durante expediente
    Por: Redação
    E-mail



    A Justiça do Trabalho de São Paulo condenou a empresa GR Serviços e Alimentação, proprietária de uma franquia da cafeteria Casa do Pão de Queijo, pela demissão de uma funcionária, de 21 anos, que bebeu uma garrafa de água de 500 ml durante o expediente. Cabe recurso à decisão.

    Pela condenação, ficou determinado o pagamento de indenização por dano moral no valor de R$ 11.291, além das verbas relativas à demissão sem justa causa, que totalizam aproximadamente R$ 35 mil. A GR Serviços e Alimentação informou que vai recorrers pois a decisão foi baseada em uma versão que não reflete o verdadeiro motivo da demissão e não condiz com as condições de trabalho oferecidas aos seus colaboradores.

    Segundo o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2), foi constatado durante o julgamento que a empresa não fornecia água nem disponibilizava filtro ou bebedouro para os empregados, descumprindo as normas previstas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

    A funcionária demitida disse que “Havia um bebedouro no local, mas um dia removeram o equipamento dali e a orientação que recebeu era de que poderiam consumir uma garrafa de água da loja desde que anotassem no caderno. Foi o que ela fez, disse.

    Na volta do almoço, o gerente imediatamente me chamou para comparecer ao RH, onde me mostraram uma foto minha bebendo água. Perguntaram se eu sabia que a atitude era quebra de procedimento da loja e insistiram para que eu assinasse o documento que atestasse a minha própria demissão por justa causa. Eu respondi que sabia da existência da câmera de monitoramento e não vi qualquer problema em ser filmada tomando água. Me recusei a pedir demissão, explicou.

    A rede Casa do Pão de Queijo disse que repudia esta conduta e informou que abriu uma investigação interna para apurar o ocorrido e, então, tomar todas as medidas cabíveis.

    Fonte: G1

    Veja mais parabólicas