Compartilhe

A Prefeitura de Monte Mor, por meio da Secretaria de Administração e Mobilidade Urbana e do DEMUTRAN (Departamento Municipal de Trânsito e Mobilidade Urbana) realiza neste sábado, dia 15, ação de conscientização para marcar a campanha Maio Amarelo, que tem como objetivo a conscientização sobre a segurança no trânsito.

Entre às 8 e 12 horas, servidores do DEMUTRAN irão distribuir panfletos, na Praça Tese Marini, (antiga Praça dos Peixes), que fica no cruzamento das avenidas Ayrton Senna e Jânio Quadros. A intenção é abordar motoristas, pedestres e ciclistas para destacar a importância do movimento proposto para chamar a atenção para as altas taxas de mortalidade e lesões em acidentes de trânsito em todo o mundo.



MAIO AMARELO

O movimento internacional Maio Amarelo nasceu em maio de 2011, quando a ONU (Organização das Nações Unidas) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito, e teve sua primeira edição em 2014. Com isso, o mês de maio se tornou referência mundial na conscientização para redução de acidentes de trânsito. O amarelo foi escolhido para representar o mês devido à cor simbolizar atenção e também a sinalização e advertência no trânsito.

Neste ano, o tema do Maio Amarelo é “Respeito e Responsabilidade: pratique no trânsito” visa conscientizar a sociedade sobre os perigos do trânsito e a responsabilidade necessária na condução de qualquer veículo para proteção de si mesmo e do próximo. Segundo o CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito),  seguirá o padrão do movimento realizado em 2020.

Por conta da pandemia, além de buscar evitar as mortes e lesões no trânsito, o movimento busca diminuir os atendimentos de acidentados nas emergências e assim evitar idas aos hospitais já lotados pelos enfermos do coronavírus e de outras doenças.

1,3 MILHÃO DE MORTES

Em 2009, a OMS (Organização Mundial da Saúde) elaborou um estudo que contabilizou cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países.



Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas. Segundo a pesquisa, são três mil vidas perdidas por dia nas estradas e ruas ou a nona maior causa de mortes no mundo.

Os acidentes de trânsito são o primeiro responsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade; o segundo, na faixa de 5 a 14 anos; e o terceiro, na faixa de 30 a 44 anos. Se nada for feito, a OMS estima que 2,4 milhões de pessoas devem morrer no trânsito em 2030. Nesse período, entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas sobrevivem aos acidentes a cada ano com traumatismos e ferimentos.

Veja algumas dicas para a prevenção de acidentes no trânsito:

  • Respeite as sinalizações de trânsito;
  • Não feche o cruzamento das vias;
  • Utilize a seta;
  • Não faça uso de celular ao volante;
  • Peça desculpas quando errar;
  • Dê sinal de vida e utilize a faixa de pedestre;
  • Use o cinto de segurança.