Compartilhe

Adicionar sal às refeições direto ao prato na mesa está ligado a uma morte mais precoce, de acordo com um estudo. Os pesquisadores descobriram que sempre adicionar sal à comida reduz em mais de dois anos a expectativa de vida para homens e um ano e meio para mulheres. Isso não inclui tempero durante o processo de cozimento.

A equipe por trás do trabalho, feito com 500 mil britânicos, disse que as evidências são convincentes o suficiente para que as pessoas considerem evitar temperar suas refeições.  “Mesmo uma redução modesta na ingestão de sódio, adicionando menos ou nenhum sal aos alimentos à mesa, provavelmente resultará em benefícios substanciais para a saúde, especialmente quando alcançado na população em geral”.



Aproximadamente 70% da ingestão de sódio nas populações ocidentais vem de alimentos processados ​​e preparados, com 8 a 20% derivados do sal adicionado à mesa. No entanto, adicionar sal é um indicador muito bom da preferência de uma pessoa por alimentos com sabor salgado, então a equipe concentrou sua análise nessa medida.

Em comparação com aqueles que nunca ou raramente adicionavam sal, aqueles que sempre temperavam seus alimentos tinham um risco 28% maior de morrer prematuramente. Aos 50 anos, homens e mulheres que sempre adicionavam sal tinham uma expectativa de vida 2,3 anos e 1,5 anos menor, respectivamente.

Outros fatores que podem afetar os resultados, incluindo idade, sexo, etnia, privação, índice de massa corporal, tabagismo, ingestão de álcool, atividade física, dieta e condições médicas, como diabetes, câncer e doenças cardíacas, foram contabilizados.”