Compartilhe

No final da tarde da última quarta-feira, dia 29, a Guarda Civil de Capivari recebeu uma solicitação através do “Botão do Pânico”, mecanismo de segurança que foi implantado pela Prefeitura no mês de maio, que tem a finalidade de garantir o sigilo da denúncia e a segurança das mulheres que possuem medidas protetivas contra ex-companheiros.

A equipe da Patrulha Maria da Penha foi logo deslocadas até o local, quando encontraram a vítima que estava em um estabelecimento comercial no bairro Rossi, informando que encontrou o seu ex-parceiro, um homem de 23 anos. Ele por sua vez, quando notou a presença dela, começou a proferir xingamentos e ameaças, descumprindo a medida protetiva que tinha contra o seu nome.



Os oficiais conseguiram localizar e deter o suspeito que foi conduzido à Delegacia, onde a autoridade policial determinou a prisão em flagrante do suspeito por descumprimento de medida protetiva. Ele permaneceu à disposição da justiça. O “Botão do Pânico” permite que os agentes da Guarda Civil possam agir com rapidez para garantir a segurança da vítima. O caso marcou a primeira prisão feita através do novo mecanismo.

O “Botão do Pânico” funciona através de um aplicativo instalado no celular da vítima, que poderá solicitar atendimento imediato à corporação, através de um botão na aplicação, com os oficiais usando a localização do celular do solicitante para se deslocarem ao local no menor tempo possível. É importante destacar que o “Botão do Pânico” pode ser usado apenas em casos de descumprimento de medida protetiva de um determinado indivíduo.

Para fazer o uso do mecanismo, é necessário agendar uma visita até a base da Guarda Civil de Capivari através do WhatsApp 3492-3877 ou telefone 3492-4176, de segunda a sexta, das 08h às 16h.