Compartilhe

Ravi tem 7 meses de idade e, segundo a mãe, precisa de uma órtese urgente, pois ele nasceu com um pé torto congênito, uma má formação congênita em que o bebê já nasce com um pé virado para dentro, e sem a órtese ele pode ter dificuldades para andar. A mãe, Mariana Aparecida Leme, moradora do Santa Teresa D’ávila, em Capivari, tá fazendo uma rifa para juntar o dinheiro do equipamento, que custa R$ 2.300,00.

Mariana conta que teve várias complicações durante a gestação do Ravi, como perda de líquido e eclampsia, que é uma complicação da pré-eclâmpsia quando a pressão arterial está acima de 140/90 mmHg após a 20ª semana de gravidez. Por conta disso, seu filho nasceu prematuro de 8 meses.



A criança nasceu no hospital Fornecedores de Cana, em Piracicaba, e, no momento, ela não havia sido informada pelo médico sobre o problema no pezinho do filho. Ela disse que só foi saber quando o bebê foi levado para o quarto. Durante o banho, as enfermeiras relataram sobre a situação.

Depois que saiu do hospital, Mariana acabou internada um tempo na UTI de Capivari, pois a eclampsia tinha piorado. Ela conta que os médicos disseram que ela tinha pouca chance de sobreviver. Assim que melhorou e teve alta, ela foi atrás do problema do filho.

Mariana conta que passou por uma primeira consulta com um ortopedista que colocou gesso no pezinho do menino. Ele ficou por cerca de dois meses e meio com o gesso, mas como não resolveu o problema, ela começou a levar o filho na APAE, onde ele faz fisioterapia. Lá, a fisioterapeuta deu um encaminhamento para ela ir atrás da órtese.

Como não tem condições de arcar com todo o valor da órtese, que custa R$ 2.300,00, Mariana criou uma rifa. Interessados em ajudar, podem entrar em contato através do whatsapp: (19) 997565136 (Mariana).