Compartilhe

O que para muitos é um problema para outros pode virar moda em questão de horas. Um corte de cabelo que imita a calvície se tornou tendência entre os jovens e viralizou na internet. O corte foi batizado de Calvão de cria.

Chamado também de degradê invertido, o corte surgiu no município de Três Passos (RS), com pouco mais de 20 mil habitantes, há cerca de 472 quilômetros de Porto Alegre, e, atualmente é feito por barbeiros de todo o Brasil.



A ideia apareceu durante um encontro de amigos, entre o barbeiro Mateus Felipe e os adolescentes Robert Macedo e Hiago Santos. Entre algumas conversas e outras, eles viram a foto de uma pessoa com calvície no celular e foi dai que o barbeiro lançou o desafio para ver qual dos dois ia fazer.

Dias depois do encontro, Robert e Hiago foram até onde Mateus Felipe trabalhava para cumprir com a ideia. Marcio Campos, dono da barberia e barbeiro há três anos na região, gravou o resultado, postou no Tik Tok do estabelecimento e o vídeo já conta com quase quatro milhões de visualizações.

Após viralizar na internet, os vídeos e fotos logo se tornaram meme. Barbeiros e adolescentes de outros estados começaram a repostar o vídeo, o que fez atrair mais clientes adeptos a “calvície”. O nome do corte veio da gíria entre os próprios jovens da cidade. O apelido “cria” é usado para chamar os adolescentes que moram desde criança no lugar.

O barbeiro ainda contou que após o primeiro corte, outros clientes apareceram no estabelecimento para fazer igual. E assim foi surgindo variações do corte, como o “calvão da nike” e “calvão + oclin“.



Fonte: Ricmais