Compartilhe

Guardas Civis de Capivari receberam nesta terça-feira (2) um treinamento especial para o cumprimento da Lei Maria da Penha, uma palestra foi comandada pela Delegada de Polícia de Capivari, Maria Luisa, com o objetivo de aprimorar os conhecimentos dos agentes referentes a esse assunto.

FOTO: Divulgação Prefeitura de Capivari

Além dos oito guardas que receberam o treinamento, estavam presentes, Policiais Civis e membros do Comando da Guarda Municipal. Mauro Junior, Secretário de Segurança Pública, acredita na importância da capacitação dedicada para lidar com um tema tão delicado.“É preciso ter conhecimento técnico, preparo e condições de atender casos graves como esses, que envolvem família, violência dentro de casa. São situações delicadas”, afirma.



FOTO: Divulgação Prefeitura de Capivari

A Guarda Civil de Capivari tem uma patrulha especializada na “Lei Maria da Penha” que foi criada para dar uma atenção maior a casos de violência contra a mulher.

Sobre a Lei

Maria da Penha Maia Fernandes foi agredida pelo marido com um tiro nas costas, em 1983, ficando paraplégica. Depois, em outra ocasião, o marido tentou eletrocutar Maria durante um banho. O homem chegou a ser condenado a 10 anos de cadeia, mas cumpriu menos de um terço da pena. Com isso, o Governo entendeu que era preciso criar um dispositivo legal para proteger as mulheres.

Graças à luta da farmacêutica Maria da Penha, hoje o país conta com um uma lei específica para casos de agressão doméstica.