Compartilhe

Uma mulher, de 51 anos, está recebendo ameaças de morte de um agiota após uma vizinha usar seu documento para fazer um empréstimo de R$ 13 mil. A vítima pediu para que a amiga, que morava ao lado de sua casa, buscasse medicamentos no posto de saúde, já que ela estava com Covid-19. A suspeita afirmou que precisava de um documento para pegar os remédios e, por confiar na mulher, ela entregou para a amiga a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O caso aconteceu em São José dos Campos, em São Paulo.

No entanto, um mês depois, ela começou a receber ligações de cobrança, pedindo para que ela pagasse o empréstimo de R$ 13 mil feito em seu nome. “Um cara me ligou e falou “você está atrasada com o meu pagamento”, eu falei assim “atrasada com o seu pagamento?”, ele falou “é”, eu falei “mas eu não te conheço e eu não tô te devendo nada”, ele disse “tá sim, você mandou a Vanessa pegar dinheiro no seu nome, que quando você sarasse você vinha assinar”. relatou a vítima.



Ao questionar a vizinha, ela confessou o fato e disse que pagaria o empréstimo, mas depois se mudou de residência durante a madrugada e parou de responder. As cobranças não pararam e, com medo, a vítima chegou a fazer o pagamento de R$ 6 mil para os agiotas. “Você tá me devendo, você me paga. Eu vou colar na sua casa de pistola e vou dar uma ‘pá’ de tiro aí, falou?”, disse um dos agiotas por áudio.

Eles já chegaram até mesmo a ir até o portão da casa da mulher para cobrar o valor. Ela fez Boletim de Ocorrência da polícia, mas tem medo de que algo possa acontecer com ela e a família.