Compartilhe

A facção criminosa do Rio de Janeiro Comando Vermelho, uma das maiores do país, mandou avisar aos donos de postos de gasolina de Manaus, no Amazonas, que o preço do combustível deve abaixar. Eles dão um prazo de uma semana para os preços serem reduzidos. A ameaça foi feita em mensagem divulgada nesta terça-feira (26).

A mensagem diz o seguinte: “o Comando pede para os safados dos cartéis de postos baixarem o preço da gasolina. Estamos dando o prazo de uma semana, estamos do lado dos nossos irmãos que estão sendo prejudicados. Se não [cumprirem], vamos botar o trem na rua e colocar fogo em postos de gasolina e caminhões”.



O litro da gasolina em Manaus está custando R$ 6,59 em média e já ultrapassou R$ 7 em algumas cidades da região metropolitana.

A facção carioca comanda a maioria das comunidades de Manaus desde 2020, quando suplantou a rival Família do Norte.