Compartilhe

A Defesa Civil de Capivari resgatou um porco-espinho na tarde de sábado (28) no bairro Engenho Velho. De acordo com prefeitura, o animal estava em uma árvore do quintal de uma casa e chamou atenção dos cachorros que vivem na residência. Os moradores acionaram as equipes após ouvirem os latidos dos cães, indicando a presença do roedor.

O porco-espinho não sofreu ferimentos durante o resgate. A equipe levou o animal para uma área rural, já conhecida por conter bichos da mesma espécie, para que ele possa viver em meio à natureza.



De acordo com o diretor da Defesa Civil, Júlio Capossoli Neto, o porco-espinho não oferece riscos à saúde, e nem é um animal agressivo. “Esse bicho sai à procura de alimento e chega a área urbana, depois acaba se perdendo e não sabe voltar. Com a presença de outros animais, como cachorros e gatos, ele se sente acuado e com medo. É mito que o porco-espinho joga os espinhos, na verdade ele se arma como forma de defesa”, explicou.

O diretor da Pasta reforça que é proibido manter animais silvestres em casa sem a devida autorização, e que também é crime matar esses animais; e orienta que, caso a população se depare com essa ou outras espécies de animais silvestres, o melhor a fazer é manter distância e acionar o 199, da Defesa Civil, ou 153, da Guarda Civil. “Nós temos o treinamento e equipamentos adequados para fazer o resgate e levar o animal de volta para a natureza com toda a segurança”, alertou.