Compartilhe

Um aposentado, da Inglaterra, que é doente terminal, foi derrubado ao chão e preso por seis policiais ao realizar um dos desejos de sua lista. E qual era o desejo, mostrar as suas nádegas à uma câmera de radar de velocidade.

O senhor, de 55 anos, fez a lista de coisas que queria fazer antes de morrer, depois de receber a trágica notícia no mês passado de que sofria de atrofia múltipla e incurável. Ele já sofria de Doença de Parkinson, além de ter problemas renais e cardíacos. Além de mostrar as nádegas, ele também tem na lista o desejo de saltar de bungee jump e paraquedas.



Na sexta-feira da semana passada, ele parou o carro, desceu, baixou a caça jeans e expôs o traseiro a uma câmera de radar. Mas um policial não conseguiu ver o lado engraçado e contatou colegas para relatar a “exposição indecente”.

Apenas 20 minutos depois, três carros da polícia pararam em frente à casa dele. Os policias invadiram a residência e levaram à força o morador para o jardim, onde ele foi derrubado e dominado. A mulher dele registrou a abordagem.

O senhor foi preso e levado sob custódia a uma delegacia. Depois, ele foi libertado sob investigação por suspeita de exposição indecente e direção perigosa. “Eu acho que foi um abuso de poder e privilégio da polícia”, reclamou o inglês que disse ter denunciado os policiais à Corregedoria.

Fonte: Page Not Found