Compartilhe

A empresa MedFet só existe porque existem pessoas que têm fetiches com profissionais da área da Saúde, especialmente médicos (as) e enfermeiros (as). Só que, agora, a empresa resolveu que é hora de pensar mesmo na saúde desses trabalhadores incansáveis em meio à pandemia de coronavírus. 

Por isso, a empresa doou todos os aventais médicos, destinados a fantasias sexuais com realismo, que tinha em estoque, para um hospital no Sul da Inglaterra. A companhia, que vende de seringas a lençóis para fetichistas, aproveitou para criticar o governo britânico, afirmando que médicos e enfermeiros não estão recebendo os materiais necessários para tratar adequadamente e em segurança os pacientes com Covid-19.



Fonte: Page Not Found