Compartilhe

O governo de São Paulo vai liberar a obrigatoriedade do uso da máscara em ambientes externos a partir do dia 11 dezembro, mesmo não tendo atingido a meta estipulada pela própria gestão estadual de redução de indicadores da pandemia. O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB) em coletiva de imprensa no início da tarde desta quarta-feira (24).

A proposta foi aprovada pelo Comitê Científico, grupo de especialistas que orientam a gestão de João Doria (PSDB), e ocorre em meio a um crescimento no número de casos no estado.



A média móvel diária de mortes registrada no estado foi de 72 nesta terça-feira (23). O valor é 15% maior do que o registrado há 14 dias, o que para especialistas indica tendência de estabilidade. Já a média diária de casos é de 1.400, valor 33% maior do que o de 14 dias, o que aponta tendência de alta.

No final do mês passado, a gestão estadual havia condicionado a flexibilização ao índice de vacinação completa de 75% da população, à manutenção de tendência de queda de casos, internações e mortes em decorrência da Covid.

Embora libere para ambientes ao ar livre, o governo já havia revelado que pretende manter a obrigatoriedade das máscaras em ambientes hospitalares, por exemplo, mesmo após o fim da pandemia.

Fonte: G1 SP

ACOMPANHE A COLETIVA