Compartilhe

Flávio Forti Stenico, engenheiro e assessor técnico do Consórcio PCJ (associação de empresas e municípios para a recuperação de mananciais dos rios, Piracicaba, Capivari e Jundiaí), participou do Primeira Página desta quarta-feira (15) e comentou sobre a falta de chuvas em 2021 e a importância do consumo consciente de água pela população.

Durante a entrevista, Flávio mostrou preocupação com os dados registrados em 2021, segundo o engenheiro, o presente ano indica uma tendência na redução dos índices pluviométricos e que nos anos seguintes as faltas de chuva podem ser ainda maiores.



Perguntado sobre o nível do sistema Cantareira, o assessor técnico do Consórcio PCJ, se referiu ao reservatório como “nossa grande caixa d’água” indicando a importância do abastecimento vindo do manancial. De acordo com Flávio Stenico, o baixo nível do Cantareira pode gerar reflexos a serem sentidos no ano de 2022.

Confira a entrevista completa e aproveite para inscrever-se no canal da Raízes FM no Youtube.