Compartilhe

A Ferrari anunciou que o famoso cantor canadense Justin Bieber não vai mais poder comprar novos modelos de carros da marca. Segundo a montadora italiana, o cantor violou os códigos de ética da empresa sobre o uso e manutenção de seus carros. 

Os problemas com a fabricante começaram quando Justin Bieber estacionou sua Ferrari 458 próximo a uma boate em Beverly Hills e esqueceu o local onde tinha deixado o veículo. Na época, a Ferrari só foi encontrada depois de duas semanas. 



Bieber ainda enfureceu a empresa ao personalizar sua 458 em uma customizadora da Califórnia que não era ligada à Ferrari. O veículo, originalmente na cor branca, ganhou pintura azul elétrico. De acordo com o código de ética da montadora, mudanças devem ser pedidas para a sede em Maranello, na Itália.

Não satisfeito, o astro da música pop ainda mudou as rodas, os parafusos e a cor do logotipo da empresa no volante – esse último também para o azul elétrico.

Para completar as polêmicas, Justin Bieber foi detido por dirigir sem habilitação e decidiu leiloar sua Ferrari 458, mais uma atitude não permitida sem a autorização da marca. E foi assim que o cantor entrou na lista de indesejados da empresa.

Mas, além de Bieber, há outros famosos que a montadora italiana não quer se relacionar por conta da má conduta. Entre eles, estão o rapper norte-americano 50 Cent e o ator Nicholas Cage. 



Fonte: Terra