Compartilhe

O Governador do Estado de São Paulo, João Doria, comunicou nesta quarta-feira (14) sobre o início das inscrições para o programa Bolsa do Povo Educação. O projeto visa contemplar 20 mil responsáveis por alunos, com um valor de R$500,00 mensais para uma carga horária de quatro horas. Essas pessoas prestarão serviços para a comunidade escolar, como no acompanhamento dos protocolos sanitários, e assim, promovendo um retorno seguro para os alunos.

Fonte: Banner de divulgação da campanha/Governo do Estado de São Paulo

As inscrições estarão abertas dos dias 19 a 31 de julho, através do site https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/. É uma medida que visa ajudar a população a enfrentar as dificuldades causadas pela Covid-19, por meio da integração da população com as instituições de ensino, promovendo postos de trabalho. A medida proporcionará uma maior profissionalização da população, geração de renda por parte da parcela desempregada, e aumento das equipes escolares.



O Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares afirmou que o programa é uma medida de extrema importância para a população e para as próprias instituições de ensino. Ainda na mesma afirmação, Rossieli disse que o governo tem trabalhado para atender a todos neste período, com programas que ajudem, como a entrega das merendas para as pessoas com insegurança alimentar.

Para participar do programa, o candidato deve: 

  • Ser o tutor legal de um aluno matriculado na rede estadual de ensino;
  • Estar desempregado em um período superior a três meses;
  • Ter idade entre 18 e 59 anos;
  • Mora em um raio de dois quilômetros da instituição em questão;
  • Estar cadastrado no CadÚnico

O processo seletivo será dividido em duas partes: a inscrição virtual e uma entrevista feita na própria unidade escolar. Uma vez aprovado, as Diretorias de Ensino validarão e efetivarão as contratações no dia 16 de agosto.