Compartilhe

Um homem foi preso por violência doméstica, cárcere privado e estupro em Rafard (SP), neste sábado (2). Segundo a Polícia Militar, a vítima conseguiu fugir enquanto ele dormia.

Os policiais foram acionados para atender a ocorrência na Rua Alan Rolim Barbosa. Quando chegaram ao local, conversaram com a vítima, que contou que os crimes começaram durante a noite de sexta-feira (1º).



De acordo com os agentes, ela disse que foi estuprada pelo suspeito e que, na manhã de sábado (2), foi agredida com tapas e asfixiada. Ela contou que foi novamente estuprada e que os atos foram filmados pelo homem com o celular.

A mulher disse, ainda, que foi mantida presa dentro da casa contra a sua vontade e que o criminoso a ameaçava com um facão. Ela relatou que conseguiu fugir quando o homem dormiu, então pediu socorro para uma vizinha e acionou a polícia.

Após ouvirem o relato da vítima, os policiais foram até a casa em que o suspeito estava e o abordaram. Segundo os agentes, ele estava bastante agressivo e precisou ser algemado. Durante a revista à casa, os policiais encontraram um facão embaixo da cama dele.

O homem e a mulher foram levados para a Santa Casa de Capivari, onde foram atendidos e liberados pela equipe médica. Eles então foram encaminhados ao plantão policial de Piracicaba. Conforme os policiais, pouco antes de entrar na viatura o homem teria se alterado novamente e resistido à prisão. Ele precisou ser contido e imobilizado.



Após prestarem depoimento à Polícia Civil, o homem foi preso por violência doméstica, estupro e sequestro e cárcere privado. A mulher foi levada para o Instituto Médico Legal (IML) para passar por exames.

Em seguida as equipes voltaram com a mulher até a casa onde foi mantida em cárcere para que ela buscasse os pertences pessoais. A polícia não informou se ela tinha algum tipo de relação com o suspeito ou se morava na casa.

Fonte: G1