Compartilhe

Inquérito foi concluído na última sexta-feira (27) e será entregue à Justiça nesta segunda (30).



Thiago Gomes, executor e Sérgio Picão, mandante do crime.

A Polícia Civil
de Piracicaba concluiu na última sexta-feira (27) o inquérito que investiga a
morte do Prefeito de Elias Fausto, Laércio Betarelli. O documento será entregue
à Justiça nesta segunda-feira (30).

Dude, como era
conhecido, foi morto à tiros no dia 2 de outubro enquanto visitava uma obra de
canalização de um córrego na Rua Amadeu Patelli, no bairro Carimã.

Segundo o
delegado seccional de Piracicaba, Roberto José Daher, dez testemunhas foram
ouvidas durante a elaboração do inquérito. Para Daher não há dúvidas sobre o
mandante e executor do crime.



Ainda de acordo
com o delegado seccional, a hipótese de se ter um segundo mandante do crime
está descartada. O indiciado como mandante do crime, o empresário Sérgio
Vicente Picão, de 42 anos, e o atirador, Thiago Gomes Calado, de 24 anos,
seguem presos. A prisão preventiva dos indiciados será pedida.


Gomes foi preso
no dia 18 de novembro, dentro de casa, no bairro Morada do Sol, em Indaiatuba, e
confessou que executou Laércio Betarelli com seis tiros.

A defesa do
empresário vai pedir a liberdade provisória de Picão, que está preso
temporariamente desde 22 de outubro.

De acordo com a
delegacia seccional de Piracicaba, o crime teve motivação pessoal e econômica.