Compartilhe

O Santos deu o primeiro passo para avançar às quartas de final, após a vitória por 2 a 1, na cidade de Quito contra a LDU. Apesar dos 2850 metros de altitude, a equipe santista soube lidar com a dificuldade física durante os 90 minutos e contou com gols dos seus principais jogadores para decidir o confronto na próxima semana dentro de casa.

Sabendo das dificuldades impostas, logo no começo da partida, o Alvinegro praiano se lançou ao ataque e com apenas 15 segundos de jogo e Marinho quase abriu o placar em cobrança de falta.



Não demorou muito para que o placar saísse do zero. Aos 7 minutos do primeiro tempo, Pará chegou a linha de fundo e passou a bola para Soteldo que estava livre e finalizou de perna direita, fazendo o 1 a 0.

Com a vitória parcial o Santos manteve o controle da posse de bola e aguardava o fim do primeiro tempo, porém após rápido contra-ataque da equipe equatoriana, Jhojan Julio empatou o jogo e deu um susto na equipe comandada por Marcelo Fernandes.

Na volta do intervalo, o Peixe soube aguentar a pressão ofensiva do adversário e buscava nos contra-ataques definir o placar. Essa estratégia deu muito certo, aos 14 minutos do segundo tempo, em jogada individual, Marinho partiu pra cima da defesa da LDU e acabou sofrendo pênalti que foi convertido pelo próprio jogador.

As inúmeras paradas para atendimento médico de jogadores, forçaram o árbitro argentino, Fernando Rapallini, a acrescer 9 minutos ao fim da partida. Os meninos da vila que entraram no decorrer da partida conseguiram suportar o ataque total dos adversários e consagraram a vitória santista em Quito.



O Jogo de volta será no dia 1 de Dezembro na Vila Belmiro às 19h15 e o Santos jogará com a vantagem do empate para se classificar para as quartas de final da Copa Conmebol Libertadores.