Compartilhe

Uma série de experimentos descobriram que gestos surpresa, como entrar em contato aleatoriamente com amigos, seja por meio de mensagens de texto, telefonemas ou e-mails, são muito apreciados por aqueles que não os espera.

Um experimento pediu aos participantes que se lembrassem de uma vez em que entraram em contato com um amigo que não viam há muito tempo ou se lembrassem de quando um amigo os procurou inesperadamente e, em seguida, avaliassem sua apreciação pelo contato em uma escala de um a sete.



Outros experimentos, pediram aos participantes que enviassem um pequeno bilhete ou presente para um amigo que não viam há algum tempo e imaginassem o quanto eles apreciariam a interação – os pesquisadores também pediram àqueles que receberam recados ou presentes para documentar sua própria apreciação da interação.

Os pesquisadores descobriram que os destinatários enfatizavam o elemento surpresa, valorizando mais a interação quando a comunicação era mais inesperada. Embora possa ser assustador entrar em contato com uma pessoa inesperadamente, este estudo sugere que esses medos podem ser falsos, pois os outros apreciam muito essas interações aleatórias, especialmente se forem surpreendentes.