Compartilhe

A equipe de Marília Mendonça anunciou o lançamento do EP “Decretos Reais”, projeto póstumo da cantora, que morreu aos 26 anos, em novembro de 2021. O volume 1 será lançado na noite desta quinta-feira (21), véspera da data em que Marília Mendonça completaria 27 anos. Segundo a produção da cantora, novas faixas serão lançadas ao longo do ano e “outros decretos serão devidamente cumpridos”.

“Decretos Reais” conta com 4 faixas (sendo uma delas um pot-pourri) extraídas da live “Serenata”, realizada em 15 maio de 2021. Na ocasião, a cantora incluiu no repertório clássicos da música sertaneja. As faixas selecionadas para o projeto são:



“Te Amo Demais” (César Lemos),

“Te Amo, O Que Mais Posso Dizer” ( Ovelha),

“Não Era Para Ser Assim” (Cláudio Noam/Lucas Robles),

“Sendo Assim” (Jacinto José)/ “Muito Estranho” (Cláudio Rabello/Dalto)



Outro projeto que será lançado no aniversário de Marília inclui Ruth Dias, mãe da cantora, como anfitriã. Ela recebeu artistas e amigos na chácara da família para uma gravação que une música e relatos de histórias vividas ao lado de Marília.

Ruth Dias, mãe de Marília Mendonça, com o neto, Leo, o filho João Gustavo, o cantor Murilo Huff (pai de Leo), e o marido, Devyd Fabricio — Foto: Danilo Marques Contijo/Divulgação

O resultado do encontro será disponibilizado nesta sexta-feira (22), no canal de Ruth Dias, no Youtube. Maiara & Maraisa, Hugo & Guilherme, Murilo Huff, Dom Vittor & Gustavo, Vitor & Luan, Luiza e Jonh Amplificado foram os artistas convocados para o encontro.

Além deles, também estiveram presentes Wander Oliveira, empresário de Marília, além de amigos e membros da equipe da cantora.

A cantora, que morreu em um acidente de avião no dia 5 de novembro de 2021 com outras quatro pessoas, deixou quase 100 músicas registradas, que não foram lançadas nem por ela nem por outros artistas. As obras estão registradas no Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), mas nunca se transformaram em uma gravação comercial (fonograma).

É possível conferir a lista de composições no especial Mariliateca, com análises da obra da artista. Dos trabalhos póstumos, já foram lançados a parceira com Dulce María, “Amigos con derechos”, e “Amava Nada”, com Lucas Lucco.

Fonte: G1