Compartilhe

O baterista da banda The Rolling Stones, Charlie Watts, morreu nesta terça-feira (24), na cidade de Londres. A informação foi confirmada pelos representantes do músico à imprensa, mas ainda não foi divulgada a causa da morte. 

Foto: Divulgação

Grande baterista que misturava jazz e blues na banda liderada por Mick Jagger, Charlie se afastou no início do mês após uma cirurgia que ainda não foi especificada, mas que segundo os médicos havia sido um sucesso. A banda tinha uma turnê na América do Norte marcada para iniciar em setembro, mas o músico teve de ficar de fora por precisar repousar, indicando Steve Jordan, baterista do The X-Pensive Winos, para assumir o seu lugar. Vale ressaltar que essa não seria a primeira vez que Jordan substituía Watts na banda, pois ele já ficou em seu lugar enquanto Charlie tratava-se de um câncer na garganta. 



Nas redes sociais da banda, uma mensagem foi publicada em homenagem ao baterista: 

“É com imensa tristeza que anunciamos a morte do nosso amado Charlie Watts. Ele faleceu de forma serena hoje mais cedo num hospital em Londres, cercado por sua família
“Charlie foi um marido, pai e avô querido e também um membro dos Rolling Stones, um dos maiores bateristas de sua geração. 
“Gentilmente pedimos que a privacidade de sua família, colegas de banda e amigos próximos seja respeitada neste momento difícil.”

Diversos artistas lamentaram a morte do colega em suas redes sociais: 

“Deus abençoe Charlie Watts, vamos sentir sua falta, cara. Paz e amor à família.”
“Notícias terríveis. Um dos nossos poucos ícones atemporais de verdade, é a espinha dorsal dos Stones. Difícil imaginar esta perda. Muito triste.”