Compartilhe

O que mais se esperava de um jogo de semifinal entre River Plate e Palmeiras, era o equilíbrio e um placar apertado. Mas contrariando as expectativas o Palmeiras conseguiu anular todas as ações ofensivas do River Plate e em contra ataques mortais fez três gols numa noite iluminada de terça-feira na Argentina.

Como mandante, o River Plate tomou a iniciativa em propor o jogo e até conseguiu criar algumas oportunidades de gol no início da partida, mas nenhuma dessas chances foi aproveitada e a defesa do Palmeiras se mostrou bem segura. 



Com a posse de bola a equipe brasileira conseguiu abrir o placar em uma das primeiras tentativas. Gabriel Menino apareceu próximo a linha de fundo e fez um cruzamento rasteiro, o Goleiro Armani saiu atrapalhado e acabou entregando a bola para Rony que de primeira finalizou forte, contando ainda com um desvio no meio do caminho para fazer o primeiro gol da partida aos 26 minutos.

Sem tempo para uma reação argentina, o Palmeiras chegou a fazer mais um gol com Gustavo Scarpa, mas que foi anulado logo em seguida por impedimento na origem da jogada. Por outro lado as oportunidades dos “millonarios” tinham origem em cruzamentos e cobranças de falta, foi desse modo que Ignacio Fernández ficou próximo de empatar a partida, quando acertou o travessão em uma falta na entrada da área aos 43 do primeiro tempo.

A volta do intervalo já foi bem movimentada, o alviverde não esperou muito para fazer o seu segundo gol, com apenas um minuto de bola rolando na segunda etapa, Luiz Adriano se desvencilhou da marcação do zagueiro Rojas e em uma incrível arrancada ficou cara a cara com Armani para finalizar e marcar.

Luiz Adriano após marcar o segundo gol da noite FOTO: Cesar Greco

Impaciente com a derrota parcial, o time do River Plate começou a demonstrar sinais de nervosismo. Fato que ficou evidente na expulsão do jovem Carrascal, que de maneira imprudente fez uma falta em Gabriel Menino e ainda o deu um chute, ato que o rendeu um cartão vermelho direto.



E foi dessa falta que saiu o gol que decretou a vitória palmeirense na noite. Matias Viña se posicionou bem na grande área a recebeu sozinho o cruzamento de Gustavo Scarpa. O Uruguaio cabeceou firme para baixo, não deixando chances para a defesa do goleiro adversário.

FOTO: Diário Ole (Argentina)

O jogo de volta será terça-feira às 21h na próxima semana e o Palmeiras pode perder por até dois gols de diferença.


Deprecated: Directive 'allow_url_include' is deprecated in Unknown on line 0