Compartilhe

Após reunião entre Carlão, atual prefeito de Rafard, e Fabio Santos, eleito em 2020, foi convocada uma Sessão Extraordinária na Câmara, para aprovar um projeto de lei que pode reduzir o aumento de IPTU previsto em 24%, para apenas 4%. A proposta prevê a substituição do índice IGPM pelo IPCA, como base de cálculo de reajuste.

Normalmente o imposto municipal, IPTU, é reajustado anualmente com base no IGPM (Índice Geral de Preços do Mercado), na cidade de Rafard. Sabendo disso o Prefeito eleito em 2020, Fabio Santos e o atual Prefeito Carlão se reuniram para discutir essa prática, que se repetida neste ano, poderia resultar em um aumento de 24% no valor do IPTU para a população.



Atual Prefeito Carlão, Fabio Santos eleito em 2020 e seu Vice Wagner Bragalda FOTO: Facebook de Fabio Santos

A ideia inicial é usar outro índice de preços para realizar o reajuste, no caso, o IPCA (Índice de Preços do Consumidor Amplo), que atualmente está em 4%. Para que a mudança esteja valendo em 2021, a Câmara Municipal de Rafard deve aprovar a alteração antes do fim de 2020. Uma Sessão Extraordinária foi convocada para votar a proposta de Lei Complementar.

A Sessão acontecerá hoje (30), às 18 horas na Câmara Municipal de Rafard e caso o projeto de lei seja aprovado, todos os anos seguintes, incluindo 2021, usarão o IPCA para cálculo de reajustes do IPTU em Rafard