Compartilhe

Aumenta o limite de renda para que famílias interessadas em comprar a casa própria possam se cadastrar na faixa 1 do programa habitacional Casa Verde Amarela.

O Ministério do Desenvolvimento Regional elevou a renda mensal de 2 mil para 2.400 reais e o novo valor foi aprovado pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia.



Entre os motivos para a mudança, ocorrida em ano eleitoral, está a queda nos financiamentos para o público de menor renda.

Outra preocupação do governo, de acordo com o Valor Econômico, é que o aumento da taxa básica de juros, associada à inflação, dificulte ainda mais o acesso aos empréstimos.

Dados do Ministério mostram que o número de imóveis contratados caiu de 149.805 unidades, em 2018, para 80.299 unidades, em 2021.

Com a redução nos financiamentos, dos oito bilhões e meio de reais reservados pelo Fundo de Garantia em 2021 para concessão de desconto no financiamento habitacional, apenas 1 bilhão e 400 milhões de reais foram utilizados.



A mudança no enquadramento de renda vai possibilitar aumento no subsídio na aquisição do imóvel por meio de redução dos juros finais e no desconto do valor que é bancado pelo fundo.

A expectativa é que a quantidade financiada para famílias de menor renda, pela faixa 1 do Casa Verde Amarela, cresça 16% até o fim do ano, para 330 mil